Hiroshi Bogéa On line

Reavivando memórias – 1

Dificilmente o pôster assiste aos telejornais locais de Marabá.

Esporadicamente, em horário de almoço quando se encontra em casa, é que o blogger consegue visualizar alguma coisa, zapeando aqui e acolá.

No meio de semana passada, foi um desses dias, ao sintonizar a reprise de uma entrevista do ex-prefeito de Marabá, Sebastião Miranda (PTB), diagnosticando o que ele acha de errado na administração pública atual.

Ao falar sobre a urbanização da VP-8, que no momento recebe áreas para estacionamento e outros benefícios, o atual deputado estadual disse se considerar responsável pelo projeto de estacionamentos, reportando sua confecção ao tempo em que era prefeito.

Em verdade, O ex-prefeito Sebastião Miranda realizou “puxadinhos” aqui e ali, deixando uma VP-8 apenas com pistas para pedestres mal feitas, “protegidas” por uma sequencia lateral de porretes de ferro enfiados ao longo da via com objetivo de servir de anteparo aos motoristas que tentassem estacionar veículos sobre a calçada.

Coisa horrível, de quem estava nem aí para a consequência estética e funcional da obra.

Do jeito que não queria construir com recursos da prefeitura estacionamentos na VP, ele também brecava qualquer tipo de idéia que viesse da iniciativa privada.

Quantas vezes, comerciantes donos de lojas ao longo da VP8 propuseram a Miranda participar de um projeto de urbanização, priorizando, principalmente, áreas de estacionamento, e ele sempre refugava.

Quanto ao projeto de urbanização da VP, quem o desenhou foi a competente arquiteta Larissa de Souza Bastos, já na gestão do atual prefeito.

O pôster chegou a ver esboço do projeto na Câmara Municipal, no primeiro semestre de 2010, com assinatura da moça

Post de 

1 Comentário

  1. ezequias

    6 de julho de 2011 - 22:38 - 22:38
    Reply

    realmente hiroschi , assistir programa local nao é tarefa facil , é de dar dó ver os locutores locais entando agadar os patroes.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *