Hiroshi Bogéa On line

Radicalização à vista

Dirigentes do Sindicato dos Produtores Rurais defendem a mobilização dos fazendeiros para garantir a integridade das propriedades desocupadas. Caso outra fazenda seja invadida após sua reintegração, como ocorreu na Araguaia, pecuaristas contratarão segurança particular para impedir o retorno dos sem-terra. Essa postura foi defendida na tarde de ontem durante reunião de emergência dos produtores rurais.
Se isso realmente acontecer, são sombrias as perspectivas para o setor rural no Sul e Sudeste.

Post de 

1 Comentário

  1. Anonymous

    6 de julho de 2007 - 16:25 - 16:25
    Reply

    Tudo isso, tenha certeza, pela falta de competência e inoperância do Estado, agora gerido pela inexperiente Ana Júlia.

    Todavia, entendo que a maior culpa para o caos que vai se instalar, é da politização da matéria. O Governo Federal (Lula) alçou o MST para o plano de um ente para-estatal.

    Lula deu dinheiro, cestas básicas, fez convênios, acatou todas as exigências do MST, fez coisas absurdas, como por exemplo criar um curso acadêmico na UFPA voltado exclusivamente para membros do MST.

    Agora o MST se considera grande, maior que o Estado, maior que a Constituição e demais leis que regem o País.

    A solução so virá quando se instalar um novo Governo no país que não seja do PT e que não tenh vinculação com o PT.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *