Questão de minutos

No sábado, por volta de 21 horas, um sargento do Exército foi assassinado por dois bandidos que o abordaram na porta de sua residência, localizada em frente a casa do blogger, na rua que passa atrás deste imóvel.

Dez minutos depois do crime, o poster chegava, sozinho, na porta da garagem de sua residência, quando avistou o aglomerado de pessoas em torno do corpo estendido.

A vítima poderia ter sido quem escreve este blog, certamente.

Os assassinos levaram carro e carteira do militar que havia chegado a Marabá quatro meses antes.