Hiroshi Bogéa On line

Questão de confiança

Passava das 21 horas dessa terça-feira, 11, quando o blog alcançou Euvanice Furtado, uma das lideranças do MAB. Demonstrando cansaço, acumulado nos últimos sete dias ajudando na coordenação da ocupação da eclusa 2 de Tucuruí, ela foi bem explícita:

– Estamos nos retirando estrategicamente do local em confiança a Ana Julia. Mais precisamente por confiarmos no Charles Alcântara, uma pessoa honesta nos contatos com os movimentos sociais. Mas isso não quer dizer que nossa decisão represente um cheque em branco. Não confiamos na Eletronorte.

O restante da história ficou para hoje, em Belém, numa reunião do MAB com representantes dos governos estadual e federal. Dependendo do que for negociado, guerra ou calmaria voltará a se instalar em Tucuruí.

Post de 

3 Comentários

  1. Mero espectador

    13 de dezembro de 2007 - 02:11 - 2:11
    Reply

    Tenho observado que o Charles Alcantara tem dado uma aula na articulação política e com os movimentos sociais.Sorte da governadora de poder contar com pessoas assim.
    Mero.

  2. Anonymous

    12 de dezembro de 2007 - 22:06 - 22:06
    Reply

    No Pará é assim, criminosos decidem quando e como fazer.

  3. Anonymous

    12 de dezembro de 2007 - 18:44 - 18:44
    Reply

    Eu assisti ao esforço do Charles, aqui em Tucuruí, na noite de terça-feira. Ele realmente tem paciencia e sabe dialogar. Graças a ele foi possivel amenizar a crise. Não sabemos até quando.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *