Quem diria.. acabou no Irajá!

Publicado em 21 de junho de 2011

 

 

Comportamento antipático e deprimente -, essa insistência da diretoria do Clube do Remo tentar safar todos os seus males subtraindo uma vaga conquistada em campo pelo Independente, de Tucuruí.

A decisão do Tribunal de Justiça Desportiva do Pará, votada na noite de ontem, 20, de não reconhecer recurso impetrado pelos azulinos, é mais um ato desmoralizante a achincalhar a história de  quase cem anos  do glorioso clube paraense.