Que quer dizer nada

Publicado em 6 de agosto de 2009

Professores , Miguel Garcia, Amy Erica Smith e Barry Ames da Universidade de Pittsburgh, autores de trabalho denominado “Autodenominação de Esquerda e Direita e Ideologia no Brasil -2002-2008” (43 páginas), dizem, em seu trecho conclusivo:

Utilizando pesquisas realizadas no Brasil entre 2002 e 2008, descobrimos que muitos dos que se autodenominam no espectro de esquerda-direita, exibem baixa estabilidade na autodenominação ao longo do tempo, bem como baixa consistência entre a posição de esquerda-direita e a escolha de candidato. Estes resultados põem em questão o pressuposto tradicional de que a autodenominação em pesquisas sobre esquerda-direita é uma medida de ideologia, ou seja, um sistema de crença restrito.”