Hiroshi Bogéa On line

Quase parando

Do jeito que foi passado, segue: algo de errado está ocorrendo na Amat – entidade que até bem pouco tempo era a mais cobiçada e poderosa instituição representativa dos prefeitos do Sul do Pará. A sede da associação, em Belém, em plena sexta-feira de semanas passadas, encontrava-se fechada. Prefeitos que vieram do interior naquele dia para resolver problemas de seus municípios, bateram em portas lacradas. Retornaram às suas cidades acumulando prejuízos financeiros pela viagem infrutífera e aborrecimentos com a atual diretoria.

Post de 

2 Comentários

  1. Anonymous

    25 de setembro de 2007 - 20:27 - 20:27
    Reply

    Hiroshi,

    O corpo de assessores e funcionários da AMAT não têm culpa. Mas me responda quem é o atual presidente da AMAT, se for quem tou pensando, ou seja, Darci Lermen, o inepto prefeito de Parauapebas, podem ir se acostumando com a ineficiência e incompetência. Deus queira que a entitade sobreviva à sua gestão. Anote.

  2. Intercom Comunicação Empresarial

    25 de setembro de 2007 - 18:40 - 18:40
    Reply

    Caro Hiroshi Bogéa,

    A respeito da nota veiculada hoje, 25 de setembro, neste blog, intitulada “Quase parando”, garantimos que a “sexta-feira de semanas passadas” a que o senhor se refere foi a última do mês de julho de 2007, quando os funcionários da Associação dos Municípios do Araguaia e Tocantins tiveram seu expediente de trabalho facultado a partir das 14h.

    Tivemos ainda o cuidado de enviar, com antecedência, a todos os prefeitos vinculados à AMAT, mensagens comunicando o ato, que por sinal foi comum entre todos os órgãos estaduais no referido dia.

    A entidade comunica ainda que, terminado o mês de julho de 2007, o expediente na AMAT voltou a ser empregado de 8h às 17h, de segunda a sexta-feira.

    Aproveitamos e nos colocamos à sua disposição, em caso de quaisquer dúvidas.

    Agradecemos a publicação deste esclarecimento.

    Intercom Comunicação Empresarial

    Assessoria de Imprensa – AMAT

Leave a Reply to Intercom Comunicação Empresarial

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *