Hiroshi Bogéa On line

Quase chegando lá

 

Uma tal de  Agência Batéia, ligada a Cooperativa  dos Garimpeiros dos Minérios de Serra Pelada (Coomispe),   criada para  tentar repercutir positivamente o chamado “Projeto  Nova Serra Pelada”, informa em release que “estudos preliminares nos 628 ha da Cooperativa dos Garimpeiros dos Minérios de Serra Pelada – Coomispe, já apontam uma grande quantidade de ouro e a  maior concentração de silício do Mundo. O concentrado de silício chega a 99%”,  segundo levantamento feito em 2008 pela empresa PURIQUIMA Analises Químicas e Ambientais”.

Constatação fortalece desconfianças de que a cambada que hoje controla a cooperativa está realmente conseguindo alijar do processo os verdadeiros agentes  de toda a história de Serra Pelada: os garimpeiros.

Enquanto isso, em Brasília, aumenta a pressão de parlamentares ligados ao ministro Edison Lobão, das Minas e Energia, e aos próprios mandatários da cooperativa, no sentido de  articular a aprovação,  a toque de caixa,  de uma lei para aposentar os velinhos que sempre sonharam em usufruir as riquezas do garimpo.

É a esmola que falta para os espertos gabirus controlarem de vez as jazidas minerais existentes nos 628 hectares do garimpo, dando bananas aos desassistidos garimpeiros em idade avançada.

——————–

Atualização às 16:44

Blog recebeu da Agência Bateia esclarecimentos a seguir: 

Caro companheiro Hiroshe Bogea,

Boa tarde!

 Admiradora que sempre fui de seu tão conceituado Blog, agora Site, exigi de meus primeiros servidores na Agência Batéia, que adicionassem seu endereço eletrônico para que estivéssemos sempre enviando matérias de nossa região, que sedia várias empresas mineradoras para as quais prestamos serviços de assessoria de imprensa e comunicação, dando a versão de cada empresa sobre seus trabalhos técnicos e sociais, as quais são enviadas somente para meios de comunicação que nós da agência e as empresas para as quais trabalhamos, julgamos ser de acesso importante para levar ao conhecimento de todos os que precisam se informar. As matérias por nós enviadas são sempre colocadas como sugestão para possível publicação, não constrangendo a nenhum dos nossos companheiros a fazê-lo, caso não achem por bem.

Vale lembrar que a COOMISPE, não tem ligação alguma com a  COOMIGASP do Projeto Nova Serra Pelada, como entendeu o nobre companheiro. A Coomispe, é também uma cooperativa que pleiteia parcerias para exploração de sua área, que fica nas proximidades de S. Pelada, (Grota Rica), também no município de Curionópolis .

Pois bem companheiro, a “tal Agencia Bateia”, é uma pessoa jurídica legalmente constituída, com sede em Curionópolis,  na Avenida Governador Carlos Santos, 51, Centro, Sala II, sob a razão social: Batéia de Ouro Agência de Publicação Ltda-Me, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica 12.004.533/0001-20.

Grata pela atenção,

Elizângela Gomes de Amorim Rodrigues

Diretora.

Post de 

2 Comentários

  1. Luiz Carlos Martins

    7 de dezembro de 2011 - 12:16 - 12:16
    Reply

    Ilustre Sr. Hiroshe Bogea

    Meu nome é Luiz Carlos Martins, estou atualmente como Diretor Comercial da Coomispe, ao lado de vários outros diretores, homens e mulheres de caráter e conduta ilibada, escolhidos por votação unânime para estar à frente dessa cooperativa.

    Esclareço que esta diretoria trabalha muitas vezes com seus próprios recursos, não recebem nenhuma ajuda de custo, apesar, diga se passagem, ter direito, pois a contribuição que a cooperativa recebe de seus sócios, é de apenas R$ 5,00 (cinco reais) por mês, e como é sabido nem todos os sócios pagam.

    Como temos cerca de 4000 sócios o total arrecadado, paga somente as despesas essenciais, como o de aluguel, energia, telefone, funcionários etc…

    Outrossim, informo que nosso alvará de pesquisa foi publicado no Diária Oficial da União n. 222 do dia 21/11/2011, 18587/2011-850.853/2011-COOPERATIVA DOS GARIMPEIROS DOS MINÉRIOS DE SERRA PELADA. Prazo de vigência a partir dessa publicação (323): 03 anos. (mostrando que estamos atentos e zelosos aos interesses gerais da comunidade garimpeira de nossa cooperativa).

    Com todas as vênias, fiquei deveras decepcionado com as palavras de baixo calão utilizadas por sua redação, informo ao nobre colega que a “cambada” como o senhor imprudentemente utilizou para retratar a diretoria da Coomispe é uma expressão atentatória de gritante descriminação e racismo que ofende o principio da dignidade humana, pois tal diretoria é composta de pessoas retas, nominadas e que devem ser tratadas como tal.

    Informo ainda que esta diretoria se coloca a disposição de qualquer membro associado ou da imprensa para prestar esclarecimentos, bem como disponibilizará prestação de suas contas quando solicitado.

    Sou Advogado e cidadão de paz, acredito e tenho o compromisso de antes de qualquer peleja judicial tentar a pacificação, mesmo porque, não seria prudente e antiético não fazê-lo.

    Quero lembra-lo do que diz a Nossa Magna Carta de 88, in verbis:
    Artigo 5º, XLI – a lei punirá qualquer discriminação atentatória dos direitos e liberdades fundamentais;

    Artigo 5º, XLII – a prática do racismo constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de reclusão, nos termos da lei;

    Logo, pela ofensa, e pelas palavras ofertadas a esta diretoria por sua redação, e diante dos fatos apresentados na defesa de nossa honra e imagem (artigo 5º, inciso X da Constituição Federal), gostaria muito que o nobre colega publicasse NOTA DE RETRATAÇÃO.

    • Hiroshi Bogéa

      7 de dezembro de 2011 - 12:39 - 12:39
      Reply

      Luis Carlos, seu incinformismo com o post está feito, já que aqui a manifestação é livre e democrática. O texto, como dá pra perceber claramente, não teve a intenção de denegrir a imagem de nenhum diretor dessa entidade, só repercutimos assunto que já era de conhecimejto público. O senhor, como advogado diz ser, tem todo o direito de tomar as decisões que achar pertiinente ao caso. A direção do blog conhece os limites da legislação e o direito que temos de manifestar nossos pontos de vista dnetro do princípio constitucional que um país livre como o nosso nos permite.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *