Hiroshi Bogéa On line

Quando se governa

Sem medo de errar, o poster considera a medida mais importante tomada nesses quase 90 dias de governo a assinatura de decreto de intervenção no território da Terra do Meio, área localizada em ponto estratégico englobando os municípios de Novo Progresso e Altamira, com influência até São Félix do Xingu.
É ali onde mora o perigo porque se desenvolvem ações de grilagem e formação de bandos invasores com suspeita até de treinamento militar em algumas propriedades fechadas.
Ao anunciar o controle administrativo de quase 700 mil hectares daquele território emblemático, o governo Ana Julia manifesta clara direção de estar mesmo disposta a governar o Estado, e, finalmente, coloca o Iterpa no foco do gerenciamento de demandas causadoras de muitos conflitos.
Esse é o caminho. Resta saber agora se vai funcionar. Se funcionar, Ana Julia resolve um grave problema de ordem fundiária.

Post de 

2 Comentários

  1. ROBERTO SALAME

    29 de março de 2007 - 22:08 - 22:08
    Reply

    De Decretos, Leis, atos normativos e até ordens de reintegrações de posse, nós já estamos cheios.

    Precisamos é de menos discurso e mais ação.

    Todo o mundo sabe acerca da importância da Terra do Meio – área de extrema riqueza mineral, que ainda preserva áres virgens da floresta amazônica – portanto assediada – cravada por reservas indíginas, mas esquecida pelo Estado.

    O Estado, sob todas as esferas, tem que estar efetivamente mais presente, coercita e socialmente.

    Senão….

    ROBERTO SALAME FILHO

  2. Val-André Mutran

    25 de março de 2007 - 14:50 - 14:50
    Reply

    Precisa cumprir os mandatos de reintegração de propriedades invadidas, senão será continuismo.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *