Quando a sem-vergonhice chega aos limites

A criação dos 13o e 14o salários instituídos pela Mesa Diretora da Câmara Municipal de Belém é um daqueles atos que revela os limites imponderáveis da indecência.

E se constitui, também, mais um escândalo de tantos mil espocados Brasil afora.

Escapa, do poço de fundo desconhecido, a vereadora Marinor Britto (Psol), que revelou sua indignação com o ato, considerando-o afronta à comunidade paraense.