Hiroshi Bogéa On line

PV coloca Jorge Bichara na TV

 

 

O Partido Verde colocou o médico Jorge Bichara na telinha, usando espaço destinado aos partidos políticos para divulgar programa da legenda e  expor com mais intensidade  imagem do pré-candidato a prefeito.

Equipe de técnicos criada pelo PV esboça ações para a coleta de informações junto a comunidade destinadas a elaboração do Programa de Governo de Bichara – que priorizará o PCS (Programa de Cidades Sustentáveis), voltado a oferecer ferramentas para que Marabá se desenvolva de forma econômica, social e ambientalmente sustentável.

 

Post de 

4 Comentários

  1. Psol

    16 de março de 2012 - 17:42 - 17:42
    Reply

    Otávio?
    Nem bom sindicalista é. Não soube defender a categoria quando foi preciso denunciar a ineficiência, incompetência, desorganizada, confusa, situação da Cosanpa no cenário municipal.
    Ribeiro?
    Mal professor, falta muito nas aulas. Mania das passeatas. Não tem formação suficiente.
    Tibirica?
    Um só deste nível é o suficiente. Psol é um partido com olheiras nos destroços do muro de Berlim.

  2. Célio

    13 de março de 2012 - 18:56 - 18:56
    Reply

    A controversia é saudavel.Porém, quem seria o candidato pelo PSOL ? Otávio ? Nessa linha de pensamento, pouco provável o sucesso do PSOL, em se pensando na cadeira da PMM. Bom sindicalista, mas com mínima densidade eleitoral. Citei só como exemplo. Em 13.03.12, Marabá-PA.

  3. Eleitor

    13 de março de 2012 - 12:02 - 12:02
    Reply

    Célio, discordo de você quanto a Jorge Bichara ser o único. O PSOL, a meu ver, seria o único partido capaz de governar essa cidade, com transparência.

  4. Célio

    13 de março de 2012 - 10:31 - 10:31
    Reply

    Dos atuais candidatos, Dr. Jorge Bichara é o único capaz de moralizar a Prefeitura Municipal de Marabá. A opção de qualquer outro dos que ai estão, será a continuação da mesmice, ou seja, contratação de ” apadrinhados ” e empreiteiras corruptas, que priorizam o sumiço do dinheiro público. Em 13.03.12, MARABÁ-Pa.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *