Hiroshi Bogéa On line

PSD, no Pará, deverá continuar em mãos tucanas

 

 

Entre os filiados do PSD de Marabá, a dúvida acabou: o partido deverá sair do controle dos atuais dirigentes estaduais, mas continuará sendo gerido por pessoas da confiança do governador Simão Jatene, que deverá ser o vice-governador Helenilsos Pontes.

Na cidade, entre membros da legenda, havia o temor das atuais articulações nacionais retirarem o controle da legenda da guarda do governo do Estado.

A nível nacional, o ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD, passou a integrar a base aliada de Dilma Roussef, obrigando-o, por isso, a proceder reengenharia política nas executivas municipais, com a alteração de suas composições.

Apenas no Pará, afirmam pessedistas marabaenses, a formatação mudará de tom, mas não de coloração.

E a perspectiva do secretário de Indústria e Comércio de Marabá,  Ítalo Ipojucan, comandar, no município, a legenda, devido a sua ligação com o governo do Estado.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *