Proposta criação do Instituto da Biodiversidade

Publicado em 5 de setembro de 2013

 

A criação do Instituto da Biodiversidade, que vai cuidar de 21,8 milhões de hectares de floresta pública sob responsabilidade do Estado; e um projeto para direcionar recursos da compensação ambiental para a criação de um plano de gestão das florestas da Calha Norte, um imenso bloco de florestas protegidas no Pará. Esses foram os compromissos assumidos pelo secretario de Meio Ambiente do Estado, José Colares, durante o I Seminário Áreas Protegidas do Escudo das Guianas – Pará e Amapá, realizado de 3 a 5 de setembro numa parceria entre Conservação Internacional, Imazon e Iepé (foto).

SAPEG