Hiroshi Bogéa On line

Projeto de livro sobre Marabá seleciona bolsistas

 

 

A Temple Comunicação e Casa da Cultura de Marabá, em parceria com o Museu da Pessoa, farão a seleção de dois bolsistas para participar da produção do livro “Marabá, Ontem e Hoje”, que vai reunir memórias dos pioneiros do município, resgatadas através de seus familiares e dos atuais personagens que fazem a história local.

Podem se candidatar às vagas estudantes de cursos de graduação da área de Ciências Humanas da Universidade do Estado do Pará (UEPA) e da Universidade Federal do Pará (UFPA) de Marabá. Os selecionados terão treinamento técnico para a coleta de dados e, para isso, contarão com uma bolsa de estudos com duração de um ano. Serão seis meses de trabalho em campo e seis meses para a seleção do material pesquisado.

O perfil do candidato consta no cartaz abaixo, também divulgado em diversos locais públicos de Marabá. Os documentos dos candidatos devem ser entregues até o dia 15 de março, em envelope lacrado, na portaria da Casa de Cultura de Marabá, em horário comercial, sob o título “Projeto Marabá, Ontem e Hoje”

 

Post de 

5 Comentários

  1. anônimo filho de Marabá

    5 de março de 2012 - 23:03 - 23:03
    Reply

    Hiroshi,
    No cometário que fiz no dia 04-02-2012 as 07:42, sobre o projeto da casa da cultura, que fará pesquisas para a produção do livro ” Marabá, ontem e hoje ” advertir os idealizadores para que corram contra o tempo, pois, o mesmo é implacavel e dele nenhum de nós escapamos.Hoje, os estudos cientificos provam, que os Brasileros que antes tinha em média uma duração de vida entre, 60 e 65 anos, hoje já supera os 75. Portando, imagine vc, uma pessoa que comessa a passar dos 80, e que viveu todos eles entre nós Marabaenses ” COM CERTEZA É UM ARQUIVO VIVO “. Disse, de minha preocupação com os ” GRANDES PIONEIROS ” que pela lôgica da lei da vida, já não estão entre nós, ou caminham para isso. Hiroshi, do fundo do meu coração, e como cristão, desejo muitos anos de vida a sua querida Mamãe, D. Lurdes. Porém, fico a me questinar: Porque este projeto ainda não visitou, essa Mulher que conhecemos sua história de DESPRAVADORA da nossa querida Marabá ? Estendo, o mesmo questionamento, ao seu Pai Sr. João Bogéa ! Muita saúde, grande guerreira, que soube enfrentar as adversidades da vida com a cabeça erguida. Abs

    • Hiroshi Bogéa

      6 de março de 2012 - 01:30 - 1:30
      Reply

      Anônimo Filho de Marabá, em verdade, ambos tem na memória mais de meio século da vida de Marabá, principalmente das fases extrativistas da Borracha e Castanha. Meu pai gravou depoimento para o Projeto Memórias, da Casa da Cultura. Dos dois, sempre que posso extraio importantes passagens desse período. Futuramente, quem sabe, um livro pode sair daí. Abs

  2. anônimo filho de Marabá

    4 de março de 2012 - 07:42 - 7:42
    Reply

    Hiroshi,
    Excelente, o projeto da casa da cultura, em resgatar a verdadeira história de Marabá, obtendo, dos que aqui chegaram e ajudaram na sua criação, informações preciosíssimas. É bom acelar com esse projeto, pois do contrário, podem não mais existirem os GRANDES PIONEIROS.

  3. ANONIMO

    29 de fevereiro de 2012 - 08:12 - 8:12
    Reply

    Temerosa essa idéia de alguém querer escrever a história politicoadmnistrativa e social de Marabá,sabe-se que esses livros sempre sofrem algum tipo de contestação,o que não deve hever é tendencia o que tornaria a obra,rapidamente desacreditada,e seria uma pena,99% dos que poderiam contar essa história com credibilidade,já se foram.

  4. Araujo

    28 de fevereiro de 2012 - 11:24 - 11:24
    Reply

    Faleceu nesta madrugada (28.02.2012) aos 89 anos o cartorário Alberto Araújo Santis.
    O corpo está sendo velado no Santuário de Nossa Sra. de Nazaré na folha 16.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *