Professor acusado de estupro tem habeas corpus julgado nesta segunda-feira

Publicado em 4 de outubro de 2021

O professor Adalberto Siqueira Sanches Júnior (foto), investigado pelo crime de estupro de vulnerável contra crianças de 8 a 12 anos em um colégio particular, localizado no bairro de Nazaré, terá seu habeas corpus julgado com pedido de liminar nesta segunda-feira, 04, durante audiência no Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJPA).

A prisão preventiva aconteceu no dia 17 de agosto pela Polícia Civil do Pará,  e cumpriu mandados de busca e apreensão no centro de Belém.

Foram confiscados o computador, o telefone celular e mídias do acusado.

Os equipamentos passaram por perícia e foi investigado pela Delegacia de Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deaca) da Santa Casa.

Além disso, no ano passado, o professor respondeu a um processo por agredir um aluno.

O caso, segundo consta nos autos, ocorreu durante um evento dentro do colégio, quando o professor teria agredido o adolescente de 15 anos, com uma “gravata”, um tapa no rosto e um soco no abdômen.

O jovem precisou ser atendido em um hospital particular e o caso foi parar na Justiça.