Hiroshi Bogéa On line

Prisão de sem-terras

Vinte e quatro sem-terras estão com suas prisões decretadas pela Justiça Federal sob supeita da prática de vários delitos durante as invasões das propriedades que estao sendo agora reintegradas. Passados dez dias do início das operações de reintegração sustentadas pela Polícia Militar, nenhum deles foi preso ainda.

Post de 

1 Comentário

  1. Anonymous

    6 de julho de 2007 - 16:40 - 16:40
    Reply

    Sempre que são dadas ordens de prisão destes criminosos, as tais entidades dos movimentos sociais partem em defesa, manchando a imagem do Poder Judiciário.

    Tratam seus membros criminosos como vírgens freiras que apenas querem uma sombra para rezar.

    A solução destes crimes contra a propriedade tem que partira da desarticulação destas Entidades que se escondem na clandestinidade para continuar delinquindo.

    Porque o MST nunca se formalizou, passando a ser pessoa jurídica, passando a ter responsáveis, prestando contas de suas arrecadações e agindo de forma transparente e séria, agindo conforme determina a lei?

    A resposta é simples: Não se formaliza porque quer continuar na clandestinidade, desviando-se da aplicação da lei, pra manter apoiando os crimes contra a propriedade.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *