Priante, voraz, pra cima da convenção

Publicado em 17 de junho de 2010

Quem conhece o humor do ex-deputado federal José Priante garante que ele vai jogar todas as fichas na disputa interna pela indicação de sue nome candidato ao governo do Estado, emparedando o deputado Domingos Juvenil pela preferência dos votos dos convencionais do PMDB.

Derrotada as pretensões dele de chegar à prefeitura de Belém pelo voto de desembargadores, Priante teria revelado a gente de seu círculo de amizade  ser insuportável ficar acumulando seguidas derrotas (governo do Estado, Prefeitura de Belém, no primeiro e segundo turno, desempossado prefeito antes mesmo da posse, e, agora, no TRE)  -,  razão maior de sua intenção de jogar pesado em busca da maioria de votos na convenção peemedebista.

Dificil é acreditar na possibilidade de Jader Barbalho admitir perder uma disputa interna para seu primo.