Hiroshi Bogéa On line

Previsões do IBRAM

A Contribuição Financeira pela Exploração de Minerais (CFEM) oriunda da indústria extrativa mineral alcançou US$ 130 milhões em 2008. A compensação é creditada aos municípios onde ocorre atividade mineradora, e vem, sistematicamente, superando as previsões do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), refletindo em um mercado aquecido que dominou durante todo o ano. 

Parauapebas levou a maior fatia com US$ 85 milhões, quase 66%.

Post de 

3 Comentários

  1. Adir Castro

    21 de maio de 2009 - 01:02 - 1:02
    Reply

    Tem-se a receita. De que forma ela foi aplicada?

    Lembra um filme: Pobres cidades ricas.

  2. Anonymous

    20 de maio de 2009 - 23:34 - 23:34
    Reply

    E o PSDB quer investigar a Petrobrás, que sozinha, investe 6 Bilhões ao mês no Brasil.

    Vai gostar do Brasil como eles gostam, nos quintos do inferno!

  3. Anonymous

    20 de maio de 2009 - 23:22 - 23:22
    Reply

    O repasse em forma de Royalties é uma ninharia se comparado aos lucros do setor, aos impactos sociais e ambientais decorrentes.

    Se tornam ainda menores em mãos de perdulárias de maus gestores.

    Aqui em Parauapebas vivemos tudo isso.

    Vejam aqui, em http://www.willaimbayerl.blogspot.com, como o presente da VALE simboliza sua “grande” contribuição aos 21 anos de Parauapebas.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *