Hiroshi Bogéa On line

Pressão pelo Águia

“Nós não podemos concordar. Vamos até o Superior Tribunal de Justiça Desportiva; vamos à CBF, na pessoa do Presidente Ricardo Teixeira, mostrar que um País como o Brasil, que quer sediar uma Copa do Mundo, não pode se dar a negociatas e maracutaias de tal forma que prejudique principalmente as equipes mais fracas e mais distantes, como é o caso do Águia. Na realidade, o que querem os que comandam o esporte nacional é evitar esse trajeto até Marabá, até Belém, até o Norte, como se o Norte não fosse Brasil. Nós não vamos aceitar isso.

Quero conclamar toda a bancada do Estado do Pará, toda a bancada desportiva para uma tomada de decisão, a fim de que isso não ocorra, porque é uma desmoralização para o futebol brasileiro. Não se pode fazer isso com uma equipe nova, com apenas 8 anos de profissionalizado o seu futebol, já tendo despontado no cenário nacional”. 

Trecho do discurso do deputado federal Asdrubal Bentes (PMDB), na Câmara Federal, denunciando o acesso à Série B do time do Duque de Caxias, do Rio de Janeiro, fruto de pressões contra punição que  deveria ser imposta  àquele clube, por praticar o anti-jogo, no estádio da Arena da Floresta, em Rio Branco.

Quer ler o discurso todo? Aqui. 

Post de 

1 Comentário

  1. El Cid

    26 de novembro de 2008 - 23:54 - 23:54
    Reply

    Parabéns para o nosso deputado.
    Asdrubal sempre presente em defesa dos interesses do Pará.
    Seria muito importante se a bancada paraense seguisse o exemplo do Asdrubal.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *