Hiroshi Bogéa On line

Pressão obriga membros do PTPV assinarem outro documento

 

 

Luiz Bressan, presidente municipal do PT, pelo telefone, encontrou o poster em Belém, solicitando  a publicação  de ofício enviado ao partido pelos candidatos a vereador na eleição passada, Milton Maranhense,  Wilson Simões e  Roberto da 33, no qual desconsideram  declarações oficiadas em nota divulgada  pela imprensa, contra a indicação dele  (Bressan) ao cargo de secretário de Educação.

Solicitado a enviar o documento para nosso emeio,  o presidente municipal do PT assim se reportou:

 

Olá Hiroshy.  Segue ofício dos filiados, protocolado no PT,  pedindo para desconsiderarem o documento anterior. Justificam que foram mal informados sobre o debate interno.

atenciosamente

Bressan
presidente do PT.

 

 

O documento no qual o trio desdiz o que disse,   segue abaixo:

 

 

 

Por considerar estranha a repentina atitude dos signatários do documento, voltando atrás à postura  colocada pública um dias antes, o poster solicitou da repórter do blog, Marina Sanches, em Marabá, apuração do que realmente estava ocorrendo.

Relato de Marina:

 

Pelo que investigamos conversando com dirigentes de outras correntes do PT e, até mesmo, com um dos protagonistas do documento, os três candidatos a vereador ligados ao “PT Pra Valer” sofreram pesada pressão da direção da tendência, inclusive com ameaça de expulsão da legenda.

Um deles, Wilson Simões, servidor do Incra, foi repreendido com duras ameaças de perda do cargo que ocupa no instituto.

O contra-ataque da direção do PT Pra Valer foi implacável, diante da humilhante situação a qual ficou exposta pelas declarações públicas de três de seus integrantes, contra a indicação do nome de Luiz Bressan para a Secretaria de Educação.

Post de 

12 Comentários

  1. Josélio Assunção

    13 de dezembro de 2012 - 18:08 - 18:08
    Reply

    Prezado Hiroshi,
    Onde está meu comentário?
    Que houve?
    Abraço!!!

    • Hiroshi Bogéa

      13 de dezembro de 2012 - 18:12 - 18:12
      Reply

      Qual comentário, Josélio?

  2. anonimo

    13 de dezembro de 2012 - 16:45 - 16:45
    Reply

    Esse tal de Miltom Maranhense, de maranhense não tem coisa nenhuna, maranhense não amarela, é cabra macho sim senhor, esse Miltom, é so veste calça. Dai-lhe nele Luis Carlos, monta nele, neste jegue.

  3. Glauco

    12 de dezembro de 2012 - 23:04 - 23:04
    Reply

    Eles estão querendo botar o gaucho na marra, agora João Salame, pense bem, o cara é presidente do PT em Marabá e não é aceito pelo filiados do PT municipal e nem pela sua tendência, imagine esse cidadão em uma secretaria? Seja Homem é exija do PT outro nome, honre seu nome e imponha seu estilo de governar logo no inicio, senão vai vira bagunça.

  4. couceiro

    12 de dezembro de 2012 - 21:21 - 21:21
    Reply

    Marcos, a Bernadeth é cria do mandacarú Haroldo Bezerra, sendo, aquela
    epoca sua sec. de Educação, e não do saudoso e melhor prefeito que Marabá teve até hoje Dr. Veloso. Rogo, que o Prefeito Salame, siga seu exemplo: de
    trabalho e honestidade!

  5. Marcos

    12 de dezembro de 2012 - 19:52 - 19:52
    Reply

    Se fazem isto com os seus pares imaginem o que não irão fazer com os professores? Principalmente os que estão vinculados ao SINTEPP…
    Já vi coisas piores do Luiz Carlos e Bernadete Ten Cater… Acredito que a Educação de Marabá não merece tais posturas. Aliás a Bernadete já foi inclusive Secretaria de Educação no governo do Dr. Veloso e me lembro que nesta época nem legalizar as escolas ela fez…

  6. CARLOS

    12 de dezembro de 2012 - 15:36 - 15:36
    Reply

    esse povo DO CONTRA quer colocar a TOINHA COMO SECRETÁRIA!
    ELA FOI ELEITA PRA SER VEREADORA E NÃO SECRETÁRIA!

    SE ELA FOSSE TÃO BOA NA EDUCAÇÃO?POR QUE ELA NÃO SE ELEGEU COMO PRESIDENTE DO MESMO NAS ULTIMAS ELEIÇÕES?

  7. Joana Medeiros

    12 de dezembro de 2012 - 10:45 - 10:45
    Reply

    È a treva!onde ja se viu um absurdo desse, em menos de vinte e quatro horas três senhores que concorreram as eleições municiais para Vereador de Marabá mudam de opinião e queima cartucho para escrever outra nota dizendo o contrario da anterior.Ainda bem que os mesmo não foram eleitos pois com essa postura seria um perigo para a sociedade marabaense.É lamentavel que o vice prefeito Luiz Carlos esteja causando todo esse constrangimento para o Prefeito João Salame,Luiz respeite a sociedade de Marabá deixe o homem trabalhar.

  8. Marabaense

    12 de dezembro de 2012 - 10:09 - 10:09
    Reply

    Nunca vi tanto despreparo. João Salame, esperança de dias melhores, cuidado! Não se deixe envolver por esses petistas mal intencionados.

  9. Mascarenhas

    12 de dezembro de 2012 - 09:12 - 9:12
    Reply

    Eita pressão…. Essa ditadura do PT pra Valer e passada… Agora imagina se eles chegarem na Semed??? Abre o olho Joao Salame senao vc nao termina o seu mandato….Fora Luís Carlos…

  10. Michael Souza

    12 de dezembro de 2012 - 09:11 - 9:11
    Reply

    Amigo hiroshi, tenho 33 anos e ja aprendi nesta existencia que aquele ditado que diz” eu nasci assim, penso desta forma eu nao vou mudar ” é uma situaçao absurda pois a economia e a sociedade no mundo mudam por açoes do homem e esta mudança nao é um pecado.
    Mas esta mudança repentina de opinião de parte desta tendencia comandada pelo despotico vice prefeito foi em uma “passe de mágica” porque será ?
    Você ja imaginou um secretario de educaçao MANIPULADO por esta LUIZ CARLOS negociando algo com servidor o que será que iria acontecer ?
    LUIZ CARLOS senhor FEUDAL DO PT . A EDUCAÇAO DO MUNICIPIO NÃO É O QUINTAL DA TUA CASA.
    ELEIÇAO DIRETA PARA SECRETARIO JÁ.

  11. carlos

    12 de dezembro de 2012 - 09:06 - 9:06
    Reply

    veja quanto eles são perseguidores, piores são milton, wilson e roberto da 33,que não tem coragem de lutar, contra o grupo do luis carlos

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *