Hiroshi Bogéa On line

Preso pré-candidato a prefeito de Curionópolis

 

 

 

Formado na escola nada democrática do ex-agente do SNI e ex-prefeito Sebastião Curió, o contador Adonei Aguiar foi preso na noite de terça-feira, 10, quando distribuía panfletos apócrifos com supostas denúncias contra o prefeito Wenderson Chamon (PMDB)  e achincalhando  o juiz de Direito e o Promotor da Comarca. O gabiru foi flagrado de cueca no joelho, sorrateiramente perambulando pelas ruas da cidade com seu carro entupido de seis mil panfletos, segundo autoridades.

A polícia recebeu denuncia anônima de que o contador estava produzindo material gráfico com insinuações criminosas contra o prefeito e autoridades do judiciário. No início da noite, por volta de 19 horas, agentes da delegacia conseguiram identificar o veículo que trafegava peças ruas de Curionópolis iniciando a distribuição dos panfletos.

Adonei Aguiar foi preso em flagrante.

O contador é filiado ao DEM, partido de Sebastião Curió, e teve, recentemente, a sua pré-candidatura a prefeito do município lançado pelo presidente do Democratas, no Pará, deputado Lira Maia – com apoio declarado de Sebastião Curió.

Seguindo a formação de seu mentor, Adonai exprime o que há de pior na política: a covardia –  tal como fazia Curió quando coordenava as  sessões de interrogatório para extrair depoimentos comprometedores de seus prisioneiros da guerrilha do Araguaia.

Escondido atrás de papeis apócrifos, o caraíba tenta viabilizar uma candidatura a prefeito sem o mínimo de serviço prestado à comunidade, jogando lama em autoridades e em seu  concorrente, o atual prefeito Wenderson Chamon.

A distribuição de panfletos apócrifos configura crime eleitoral,

Adonei  Aguiar foi transferido para a delegacia de  Parauapebas.

Post de 

4 Comentários

  1. Filipe Rosa

    11 de abril de 2012 - 17:14 - 17:14
    Reply

    Grande Hiroshi, fico sabendo de fatos em primeira mão sempre por esse majestoso blog.
    mas está faltando uma noticia muito interessante nesata pagina, e o caso da prefeita de São João do Araguaia Marlene Martins, que vai a juri popular por homicidio culposo, como foi noticiado ontem em materia no jornal Liberal.
    na integra a materia pra vc confirmar!

    abraç0s.

    Prefeita de SÃO JOÃO DO ARAGUAIA vai a júri popular por homicídio culposo

    TJE acata denúncia do Ministério Público contra Marlene Correa Martins

    As Câmaras Criminais Reunidas do Tribunal de Justiça do Pará (TJE) decidiram, ontem, receber a ação penal proposta pelo Ministério Público do Estado contra a prefeita de São João do Araguaia, Marlene Corrêa Martins (PMDB). Ela é acusada de ter atropelado uma pessoa em Belém, em 2006, e não ter prestado socorro. A partir do recebimento da denúncia, dará início à ação de julgamento contra a prefeita.

    Marlene Martins responderá pelo crime de homicídio culposo na direção de veículo automotor, sem prestar socorro à vítima. A ação começou a tramitar na Justiça comum, porém, como em 2009 a acusada tomou posse como prefeita de São João do Araguaia, o caso foi reencaminhado para segunda instância por conta do foro privilegiado propiciado pelo cargo.

    De acordo com os autos, no dia 2 de março de 2006, um carro trafegava em marcha ré, na contramão e em alta velocidade quando atingiu Sandra Maria de Pereira Furtado, na avenida Pedro Miranda, no bairro da Pedreira. A vítima morreu posteriormente em um hospital. Testemunhas que estavam no local do acidente anotaram a placa do veículo e as características do carro, que depois foi identificado como de propriedade de Marlene.

    Em sua defesa, Marlene Martins alegou que houve um equívoco por parte das testemunhas ao anotar a placa do carro e garantiu que há muitos anos não dirige. Disse também que mora em Conceição do Araguaia e que vinha muito pouco à capital.

    Ontem, entretanto, o desembargador Milton Nobre, relator do processo, rechaçou os argumentos ponderando que a alegação de que não morava na cidade, não assegurava que ela não estivesse no local no dia do crime. Além disso, ele disse que os depoimentos das testemunhas ouvidas foram fortes no que diz respeito às características do veículo e a placa. “Não tenho dúvidas de que há indícios suficientes para que pelo menos se receba a ação penal para auferir a culpabilidade da prefeita neste episódio”, justifica.

    O voto foi seguido por unanimidade pelos demais integrantes das Câmaras Criminais Reunidas.

  2. Democracia

    11 de abril de 2012 - 17:11 - 17:11
    Reply

    A forma como o DEM encontrou para fazer politica, me assusta… não conheço o conteúdo do tupiniquim panfleto, mas o meio não justifica o fim, politica parceiro se ganha no corpo a corpo, no trabalho.
    o poder público no estado do pará, está funcionando em curionópolis, o prefeito chamon trabalhando, o judiciário desemperrando processos parados há anos e a câmara de vereador no seu devido lugar, aqui as coisas funcionam e o povo está satisfeito e a oposição no desespero.

    Não olhem, forasteiros, porque aqui nem todos são doentes mentais, desequilibrados do juízo. Temos pessoas de bom senso que discordam dessa baixaria, e que sentem vergonha de tudo isso
    aquele que não conhece a verdade é simplesmente um ignorante,mas aquele que a conhece e diz que é mentira,este é um criminoso.

  3. anônimo

    11 de abril de 2012 - 17:09 - 17:09
    Reply

    Amigo, tenho lido diariamente, a publicação da matéria do Dossiê Curió. Hoje, saiu o 3º capitulo, de uma série de 08, que serão publicados até o proximo Domingo. Fico, todo arrepiado, só em imaginar, de quantas e quantas vezes, esse MONSTRO e PSICOPATA conspirou na calada da noite, junto com seu BANDO, contra a vida do então Vereador Chamonzinho, que ousou enfrenta-lo, com muita determinação. Hoje, graças a Deus, o mesmo administra aquela cidade, sendo, considerado um dos melhores prefeitos do Pará. Abs,

  4. Anônimo

    11 de abril de 2012 - 11:07 - 11:07
    Reply

    Mas é muito “cara de pau” esse Adonei, tentando jogar lama em uma administração competente com a do prefeito Wenderson Chamom diga se de passagem a administração de mais destaque na região sul e sudeste do Pará….

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *