Presidente do Sindifisco divulga salário

Publicado em 28 de maio de 2012

 

 

O auditor fiscal do Estado Charles Alcantara, presidente do Sindicato dos Servidores do Fisco Estadual do Pará (Sindifisco-PA) se tornou nesta segunda-feira (28) o primeiro servidor público da esfera estadual a divulgar seu contracheque, seguindo o próprio arbítrio e o exemplo da ministra Cármen Lúcia, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e integrante do Supremo Tribunal Federal (STF).

A decisão de Alcantara de dizer quanto o Estado lhe paga de salário, adiantando-se à anunciada publicação de dados pelo governo estadual, por imposição da Lei de Acesso à Informação que vigora desde o último dia 16, deve-se ao caráter pedagógico: o sindicato do Fisco, que prega transparência, deve ser exemplo.

O contracheque do auditor e sindicalista, que tem 28 anos de serviço público, revela que ele está recebendo agora em maio R$ 10.788,42, descontados R$ 11.674,11, incluindo R$ 3.780,11 só de Imposto de Renda. Os demais trabalhadores da categoria do Fisco terão as remunerações disponibilizadas na internet, conforme as reiteradas declarações na imprensa do auditor-geral do Estado, Roberto Amoras.

No Sindifisco Pará, um Portal da Transparência em construção vai publicar o valor do salário por carreira funcional, deixando a individualização por conta do governo, como diz a lei. Além disso, o Sindifisco Pará contribui para a democracia da informação com campanhas permanentes na imprensa, rádio e internet defendendo um Fisco cidadão.

De grande impacto visual, sob a direção do cineasta paraense Fernando Segtowick, uma das peças publicitárias criadas para decantar a autonomia do Fisco unicamente voltado ao Estado e ao contribuinte, sem sonegação e corrupção, é um clipe musical que está em exibição na TV Cultura. O rap “Fisco é essencial”, composto por Charles Alcantara, é interpretado por MC Calibre e a cantora Adriana Cavalcante.