Hiroshi Bogéa On line

Presença de governo

A jornalista Selma Amaral é quem está coordenando a SECOM em Marabá, produzindo diariamente matérias positivas sobre as ações do Governo do Estado na região Sul.  Botando mão na massa, Selma percorre os municípios checando o ritmo dos serviços, para encaminhamento diário, à Agência Pará, de material jornalístico.

Com menos de 40 dias residindo em Marabá, o trabalho dela passou a ser rotina no portal da SECOM, mostrando ações concretas do governo até então pouco conhecidas.

Paulo Roberto, à frente da secretaria, é quem tornou possível a implantação da sucursal no Sul do Estado, ampliando o mesmo projeto para a região Oeste, com sede em Santarém.

Em Marabá, há marcas do governo em diversas áreas: nas ruas da cidade com ampliação  da rede de abastecimento; em diversos bairros, oito infocentros implantados; duas delegacias de polícias construídas com estrutura de equipamentos e pessoal; dezenas de novas viaturas e motos para o stor de segurança; obras em andamento de ampliação do Distrito Industrial (urbanização e centro de convivência); desapropriação  da área do Distrito Industrial III, mais de duas mil bolsas-trabalho distribuídas.

Desconcentração da Sema, com a regional de Marabá oferecendo todos os serviços da secretaria, em Belém. Tanto funciona que já fez a distribuição de uma  centena de projetos de maneto, com pouco mais de seis meses ativada.

A humanização do bairro Francisco Coelho, popularmente “Cabelo Seco”, local onde se concentram  centenas de famílias com  reduzido  IDH, cujas obras, finalmente agora em bom ritmo, transformarão a vida de pobres moradores.

Do ponto de vista social, o blogger considera a obra do “Cabelo Seco”, juntamente com o  saneamento e água ampliados pela Cosanpa,  uma das principais intervenções de governo feitas em Marabá nos úlrtimos 50 anos. São  obras para dignificar pessoas, torná-las menos rejeitadas.

Quem conhece o “Cabelo Seco” e sua boa gente – formada em sua maioria por pescadores e lavandeiras -, verificando o que ali se realiza agora, dá um ar arretado de satisfação.

E de confiança no futuro das pessoas.

Um bairro onde nenhum governador tenha pisado os pés por lá, até Ana Julia ir tres vezes seguidas.

Há o que mostrar, sim.

E a Selma tá se virando nos trinta.

Post de 

2 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    14 de janeiro de 2010 - 15:54 - 15:54
    Reply

    Eh eh eh eh eh eh eh …….

  2. Anonymous

    14 de janeiro de 2010 - 15:38 - 15:38
    Reply

    Está ficando transparente em suas postagens que você aderiu à ABCB – Associação dos Blogueiros Chapa Branca. O que um DAS não faz!!!

Leave a Reply to Hiroshi Bogéa

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *