Prefeitura de Marabá paga hoje salários de fevereiro

Publicado em 27 de fevereiro de 2015

A Prefeitura de Marabá está pagando nesta sexta-feira (27), os salários de fevereiro dos servidores municipais.

São R$ 7.985.398,22 da folha da Educação;

3.580.362,35 da Saúde;e R$ 3.830.111,92 das demais secretarias, totalizando R$ 15.395.872,49.

Neste mês, inclusive, os professores já recebem o novo valor do piso salarial da classe, além do vale-alimentação reajustado em 38,96 %, no valor de R$ 224,00 para todo o funcionalismo.

No momento em que o comércio local passa por severa crise, a injeção de mais de R$ 15 milhões mensais vem amenizar a situação e garantir mais fôlego aos empresários do setor.

Para o prefeito João Salame, pagar os servidores em dia é um dever de todo gestor e mostra o comprometimento da administração municipal para com o servidor público, embora hoje, segundo o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, 40% das 5.570 prefeituras do País ainda não tenham pagado o 13º salário integral para o funcionalismo e metade delas não possam arcar com o novo Piso Nacional dos Professores.

“Apesar de todas as dificuldades, nós acabamos de assinar o pagamento de todos os servidores relativos ao mês de fevereiro, inclusive dos professores, que estavam recebendo com um pouco de atraso. Lembrando que o papel do professor Pedro Souza, secretário de Educação, para regularizar essa situação, foi muito importante” destacou Salame na tarde desta sexta-feira. (Ascom)

Nota do blog: Essa observação no release da Assessoria de Comunicação da prefeitura procede.

O poster assistiu a entrevista do presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, lamentando a situação de desespero de mais de 50% das Prefeituras do país diante da obrigatoriedade de pagar o novo piso salarial nacional dos professores.

Textualmente, ele disse:  – “Se não aparecer uma solução salvadora do governo federal, muitos municípios quebrarão”.

O percentual de 40% das prefeituras brasileiras não terem ainda quitado integralmente o décimo terceiro de suas folhas, também é outra realidade.

Não obstante as terrível dificuldades herdadas da gestão anterior, a  prefeitura de Marabá conseguiu fazer o dever de casa, pagando salário em dia e o piso salarial nacional dos professores, em vigor.

Outro dado importante: excluindo as obras de pavimentação que estavam sendo realizadas na cidade pela Pavinorte, cuja empresa desistiu do contrato, paralisando os serviços de asfaltamento, todas as outras frentes de benefícios estão em execução, mesmo dinante da período mais dura do inverno.

A prefeitura de Marabá não paralisou a construção de escolas e creches, bem como o pacote de asfaltamento de ruas que prossegue em diversos bairros.

Os trabalhos prosseguem normalmente.

O próprio governo estadual, sempre mais bem estruturado para fazer frente as adversidades econômicas, em Marabá paralisou a edificação do Centro de Convenções.