Prefeitura de Canaã dos Carajás: casa de patifarias

Publicado em 26 de março de 2012

 

 

Transformaram a  prefeitura de Canaã dos Carajás numa verdadeira pocilga.

Os escândalos ali se reproduzem como vírus pernicioso de origem desconhecida.

Cassação de prefeito, posse do vice que não se encontrava morando na cidade por rompimento precoce com o titular; secretário acusado de estupro a servidora do município; filho de ex-prefeito que tem como predicado maior transformar a Prefeitura numa grande mercaria, onde vale todo tipo de negociata favorável, claro, aos titulares de plantão.

Agora, outro escândalo.

O presidente da Câmara Municipal, Walter Diniz ( PMDB), expulso do PPS, acompanhado de Anuarinho,  filho do prefeito cassado Anuar Alves, arrombou a porta do gabinete do prefeito Itamar Francisco, enquanto este permaneceu cinco horas ausente do município.

Ali dentro, “assessorado” pelo esperto “Anuarinho” Alves, autointitulou-se  prefeito de ocasião, assinando alguns decretos de interesse da cambada.

Neste momento, o impasse gera discussão no plenário da Câmara Municipal.

——————————-

Atualização às 18:02

 

Comentarista denominada “Olhar Feminino”  acrescenta mais informações:

 

Hiroshi, algumas secretarias foram invadidas também na sexta-feira. Foi uma verdadeira invasão ao que é público, vereadores que se acham donos da cidade. Adentraram na secretaria de saúde e outras e pegaram o que quiseram, documentos, e memórias dos computadores, Canaã virou um verdadeiro faroeste. A instabilidade na política chegou ao extremo!

——————————–

Atualização às 21:22

 

O presidente da Câmara Municipal de Canaã dos Carajás,  Walter Diniz, comandou a cambada de vereadores que aprovou esta tarde a formação de uma Comissão Processante destinada a “investigar” a gestão que não durou ainda 30 dias do prefeito Itamar Francisco – objetivando, explicitamente, cassar seu mandato.

A patifaria da classe política de Canaã não tem limites. Vale tudo para as gangues ancoradas nas tetas do poder viabilizarem suas bandalheiras.

O município está sendo surrupiado – e agora a ambição do grupo que acompanha o prefeito cassado Anuar Alves articula  colocar o presidente da Câmara no lugar de Itamar.