Prefeitura coloca R$ 18 milhões para circular na cidade

Publicado em 28 de março de 2013

 

 

Quase R$  18 milhões estão neste momento à disposição dos servidores da prefeitura de Marabá, no Banco do Brasil. Uma grana e tanto para circular na cidade, nos próximos dias, resultante do pagamento  de contracheques de servidores, além de salários atrasados, disponibilizados nesta quinta-feira, 28.

No meio dessa dinheirama, mais de R$ 4 milhões  são pagamentos de dívidas deixadas pelo ex-prefeito Maurino Magalhães.

Grana que representa a capacidade de investimento do município, conforme relata o prefeito João Salame, em post publicado nas redes sociais.

O que diz o prefeito:

 

 

Este mês paguei exatos R$ 3.704.898,89 (Três milhões, setecentos e quatro mil, oitocentos e noventa e oito reais e oitenta e nove centavos) de dívidas do governo anterior com o funcionalismo. Desse total R$ 1.704.457,93 foi de salários de dezembro para os servidores da educação, R$ 1.608.302,74 de salários de dezembro dos servidores das demais secretarias e R$ 392.138,22 de mais uma parcela do vale-alimentação atrasado. Além disso, paguei também parcelas em atraso do Ipasemar e do Pasep. Ao todo dá mais de R$ 4 milhões.
Muita gente cobra com razão maiores investimentos nos Hospitais Municipal e Materno Infantil. Mas estou fazendo tudo o que eu posso diante dessa realidade. Esse dinheiro que estamos gastando para pagar dívidas do governo anterior com o funcionalismo é praticamente toda a nossa capacidade de investimento da prefeitura por mês. Ou seja, ao invés de colocar dinheiro nos hospitais estou sendo obrigado a pagar salários e benefícios atrasados.
Na realidade quem deixou essa dívida é o verdadeiro responsável pela falta de maiores investimentos na saúde. O pior de tudo é que só conseguirei terminar de pagar essa conta com os servidores em fevereiro do ano que vem pois ainda falta pagar plantões médicos e outros compromissos. Ao todo serão R$ 54 milhões que vou pagar do governo anterior só com o funcionalismo.
Apesar disso vou entregar até o aniversário da cidade 20 ambulâncias. Recebi só uma funcionando. Uma delas, entregue mês passado, é uma ambulância UTI, totalmente equipada. Já mandei reformar o Centro Cirúrgico do Hospital Municipal, que está há três anos sem funcionar. Temos mais de mil mulheres na fila só pra fazer cirurgia de laqueadura. Em abril o Centro Cirúrgico já volta a operar.
Não tinha licitação para medicamentos e alimentos. Fiz e comprei. Mandei limpar o HMM e fazer uma reforma no prédio. Já estão em curso licitações para equipar os dois hospitais e reformar nove postos de saúde. Inclusive com a aquisição de um novo aparelho de Raio X. Tenho sido duro no sentido de exigir uma melhor prestação de serviço dos profissionais que atuam nos dois hospitais. Até porque estou pagando os salários de nosso governo rigorosamente em dia, inclusive os plantões médicos, e honrando parte do atrasado todo mês.
Mas não se resolve problemas acumulados há anos em apenas três meses. Não existe milagre em administração pública. É preciso seriedade e trabalho cotidiano. É o que eu estou fazendo para superar esses momentos de turbulência. Tenho certeza que a maioria da sociedade está aplaudindo esse esforço. Apesar da crítica de uns poucos que, por outros interesses, procuram colocar a administração contra a sociedade. Vamos superar essas adversidades. Tenho certeza.
Aproveito para desejar a todos uma Feliz Páscoa e que o sentimento cristão preencha o coração de todos para construirmos uma Marabá muito melhor pra gente viver. Um abraço!