Prefeito quer vender CEFEM

Publicado em 31 de agosto de 2009

População de Canaã dos Carajás se reúne em praça pública para denunciar o prefeito Anuar Alves da Silva (PDT) por tentativa de venda dos créditos da CEFEM (royalties), pagos pela Vale à prefeitura, pela exploração de jazidas de cobre no território municipal. Mais de três mil pessoas engrossaram o berro contra o desastrado prefeito.

Manifestação ocorreu à noite desse domingo, 30.

Pressão dos oradores, de cima de um palanque, foi para que a Câmara Municipal revogue o ato de autorização de venda dos créditos aprovado pelos vereadores, cuja licitação foi marcada para o dia 8 de setembro.

A Associação Comercial de Canaã realiza nesta quinta-feira, 3, ato de protesto, com a convocação de fechamento dos estabelecimentos comericiais. Em outra frente, a população acompanhará as sessões da Câmara Municipal e um grupo foi encarregado de organizar a interdição da estrada que liga a sede do município ao Projeto Sossego, da Vale.

Durante o ato público de ontem, o ex-deputado Paulo Dutra foi agredido, supostamente, por seguranças do prefeito Anuar Silva, o popular “Sô”.

Pela agressão, são acusados um sub-tenente conhecido por Gonçalves, Durval Negão, João do Clodoaldo,além de um segurança do diretor do Serviço Autônomo de Água de Canaã, Dermivaldo Pingo.