Prefeito garante que não vai retirar nenhum direito incorporado ao salário do trabalhador.

Publicado em 23 de maio de 2013

 

 

Em reunião na tarde desta quarta-feira (22) com servidores da Educação, o prefeito João Salame deixou claro que vai cumprir tudo o que foi acordado com a categoria na carta de compromisso assinada na campanha eleitoral. Garantiu ainda que seu governo não vai retirar nenhum direito incorporado ao salário do trabalhador. “Agora, vamos combater distorções”, avisou, dizendo ainda que para honrar cada compromisso é preciso fazer planejamento.

A reunião aconteceu no auditório da Faculdade Metropolitana e contou com a presença maciça dos servidores, assim como do secretário municipal de Educação, Luiz Bressan, dos vereadores Pedro Souza, líder do governo na Câmara Municipal e Ubirajara Sompré, assim como o secretário de Indústria e Comércio, Ítalo Ipojucan.

Falando de forma franca com os professores, Salame disse que este mês termina de pagar o salário atrasado da classe, mas que ainda não há horizonte para garantir o aumento desejado pela categoria, que tem data base em janeiro, por conta dos compromissos com pagamentos de dívidas deixadas pelo ex-prefeito Maurino Magalhães. Assegurou, no entanto, que vai pagar o piso nacional, a partir de junho, em dia. “O retroativo a gente vê de que forma vai pagar, se entrar dinheiro, a gente paga tudo. Caso contrário, vamos discutir com a classe a melhor forma de pagamento”, frisou o prefeito.

Segundo João Salame, a meta é chegar até o final do seu governo com os servidores tendo um ganho real de salário, inclusive com todos os servidores tendo seus planos de cargo, carreira e salário. Na hora, Salame pediu ao secretário Educação para que forme uma comissão para começar a analisar a incorporação de todos os servidores do setor no PCCR da classe, que hoje contempla só os professores.

Ele informou que nesses cinco meses de gestão, mesmo com toda dificuldade financeira, já conseguiu fazer a reforma de 40 escolas, sendo nove delas em parceria com o Exército Brasileiro, a quem fez um agradecimento especial. Também adiantou que vai retomar as obras de escolas que estão paradas, como Luzia Nunes Fernandes e a Míriam Moreira.

Disse também que a escolas que serão inauguradas já serão climatizadas. “É nossa meta chegar ao final do nosso governo com todas as escolas climatizadas”.

Salame trabalha para conseguir recursos destinados à construção de um clube para os servidores municipais de Marabá, assim também como está discutindo com o Banco do Brasil a construção de casas do Programa Minha Casa, Minha Vida para servidores. “São coisas que pretendemos fazer para melhorar as condições de vida dos servidores”, ressaltou o prefeito, que foi bastante aplaudido. (Ascom -PMM)