Hiroshi Bogéa On line

Prefeito de Pau D`Arco vence Covid-19 e deve receber alta hospitalar esta semana

Fredson Pereira (foto), prefeito de Pau D´Arco, deixoua UTI de um hospital de Goiânia, para onde foi transferido às pressas depo9is de contrair Covid-19.

Depois de dez dias submetido a respiração mecânica, os médicos transferiram o prefeito a um leito normal da unidade hospitalar.

É provável que até o final de semana, Fredson receba alta e retorne a Pau D`Arco.

Além do enfrentamento da Covid-19, Fredson Pereira ainda se vê às voltas em sua defesa à acusação de prática  de fraude em licitações que teriam ocorrido no município de Pau D’Arco, no período de 2017 e 2018.

O prefeito, que foi reeleito na eleição de 2020,  e um empresário são os principais suspeitos.

Segundo a Polícia Civil, as licitações suspeitas ocorreram em 2017 e 2018. Uma única empresa venceu oito licitações no período, somando receita de quase R$ 5 milhões.

A empresa deveria prestar serviço de engenharia civil no município, mas não possuía maquinário, veículos e nem sede, segundo investigações.

De acordo com a PC, durante a operação foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão. As apreensões ocorreram na Prefeitura de Pau D’Arco, na casa do prefeito, na sede da empresa investigada e na casa do proprietário da empresa, em Redenção.

Fredson Pereira gravou um vídeo e o publicou nas suas redes sociais acusando que a Polícia Civil estaria sendo utilizada como manobra de perseguição política na região.

“O que dá para entender que isso é perseguição política. O período eleitoral está começando, as eleições daqui é em poucos dias e isso dá para entender claramente que isso é perseguição política”, disse.

“O que nós fizemos durante o todo o nosso mandato foi trabalhar. Servir as pessoas”, concluiu o prefeito.

A Polícia Civil investiga neste caso crime de fraude à licitação, peculato, associação criminosa e corrupção ativa e passiva.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *