Hiroshi Bogéa On line

Prefeito de Curionópolis repudia violência no fórum da cidade e solidariza-se com juíza

Em nota distribuída aos veículos de comunicação, na manhã desta segunda-feira, 20, o prefeito de Curionópolis, Wenderson Chamon repudia os atos de violência praticados por pessoas até agora não identificadas nas dependências do fórum da comarca, onde a sala da juíza de direito Priscila Mamede Mousinho, foi vasculhadas, processados espalhados pelo ambiente – numa demonstração de que os criminosos poderiam estar mandando algum “recado” à magistrada.

Na nota, Chamonsinho, como é conhecido o prefeito, “reitera a necessidade de proteção contra atos que atentem contra a integridade física ou coloquem em risco a vida daqueles que atuam na Justiça e, também, prejudiquem a manutenção do Estado Democrático de Direito, que é garantido pelo bom funcionamento das instituições que buscam a Justiça.”

Abaixo, íntegra da nota:

 

NOTA DE REPÚDIO

A prefeitura municipal de Curionópolis vem a público manifestar apoio à associação dos magistrados do estado do Pará, se solidarizando com a magistrada Priscila Mamede Mousinho, do Fórum de Curionópolis, vítima de violência praticada contra esse órgão público.

A prefeitura de Curionópolis repudia qualquer ato de violência e reitera a necessidade de proteção contra atos que atentem contra a integridade física ou coloquem em risco a vida daqueles que atuam na Justiça e, também, prejudiquem a manutenção do Estado Democrático de Direito, que é garantido pelo bom funcionamento das instituições que buscam a Justiça.

A prefeitura confia na atuação das autoridades para que a apuração dos fatos seja célere e eficaz e para que medidas sejam tomadas no sentido de evitar reincidência de agressões como a registrada no Fórum de Curionópolis.. É importante salvaguardar os prédios do Judiciário, locais onde circulam todos os dias magistrados, advogados, promotores, servidores e de jurisdicionados em busca de Justiça.

                                           

Curionópolis, 20 de junho de 2016
Wenderson Azevedo Chamon
Prefeito Municipal de Curionópolis

Nota do blog: no sábado, 18, a Associação  dos Magistrados do Estado do Pará – Amepa -, havia publicado nota repudiando os atos de violência.

Leia aqui na rede social da entidade teor da nota.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *