Preço de liquidação

Ademir Braz, no Quaradouro:

Leio no jornal que o prefeito Maurino Magalhães estaria propenso a dar o nome de “Mestre Barata” ao estádio que será construído à margem da rodovia BR-010. A homenagem seria justa para o desportista que dedicou sua longa vida ao futebol marabaense, mas há um porém: logo logo o colosso da Transamazônica, que tantos milhões vai custar aos cofres públicos para materializar o sonho dos torcedores regionais, vai ser chamado de “Baratão”.