Prazo de validade

Publicado em 4 de dezembro de 2007

Servidores de Marabá e dos demais municípios denunciam a paralisação das ações de saúde e o atraso no pagamento de fornecedores e das gratificações devidas aos funcionários. Fazem também alarmante denúncia: a devolução de R$ 700 mil por falta de aplicação da Diretoria Administrativa na esteira dos conflitos com o diretor geral do órgão. Consideram a devolução de expressiva quantia um crime à saúde pública do Sudeste do Pará num momento em que o setor passa pela sua pior crise.

Combatida com eficiência nos 21 municípios até o inicio de agosto, a dengue voltou a ganhar corpo em razão da falta de continuidade das ações preventivas. Tudo conseqüência da briga travada pelos diretores do PT com o diretor do PMDB.