Praia do Tucunaré sem segurança

 

Comando da Polícia Militar de Marabá necessita colocar os olhos na praia do Tucunaré.

Embora não tenha sido lançada ainda a programação oficial da prefeitura -, o  movimento domingo passado naquele louradouro superou expectativas, com ocorrência de muitas brigas e, inclusive, um assassinato, resultante da briga de gangues dos bairros “Cabelo Seco” e “Vila do Rato”.

Não havia um PM na praia.

Nem representantes do Corpo de Bombeiros.

Muito menos agentes da Guarda Municipal.

Como ocorre todo ano, a programação oficial do município, na temporada alta, só abre em julho, mas isso não pode ser motivo para os órgãos de segurança cruzarem os braços.

Antecipar ações é uma necessidade, e obrigação de quem é pago para zelar pela segurança pública.