Hiroshi Bogéa On line

Pra repercutir

Este poster fará a cobertura da entrega em Brasília dos estudos de viabilidade socioeconômica dos Estados de Carajás, Tapajós e Pará remanescente, fazendo esforço para registrar quase on line depoimentos de técnicos do IPEA e da classe política. Amanhã, às 10 horas, na sede do Ipea.

Post de 

5 Comentários

  1. hiroshi

    17 de maio de 2007 - 03:25 - 3:25
    Reply

    Minha querida Bia Cardoso, bom ver você zanzando por aqui. Nem comentarei nada de sua observação. Avalizo todo o conteúdo, até porque você conhece muito bem a questão. A briga vai ser longa, mas gostosa. De vez em quando aperta o João Salame, pra ele apertar os colegas dele na AL. E vamos apertando aqui e ali. Uma hora folga e a gente mostra à corte que a divisão é o caminho de ganhos gerais. Aguardemos os estudos do IPEA. Os argumentos estão ali, só ali. Eita que é bom demais ter tantas Bias valorizando o blog…
    Abs

  2. Bia

    17 de maio de 2007 - 01:10 - 1:10
    Reply

    Hiroshi, o trabalho proposto pelo blog será de grande contribuição para o debate em torno da criação do estado de Carajás e Tapajós. Sabemos que a criaçãode novos estados na região Norte, alterou significativamente a representatividade. Houve um ganho maior por aqui enquanto que a região sudeste perdeu espaço. Penso estar exatamente aí a resistencia por parte da bancada que se posiciona contra. Já por aqui , o drama se repete: a corte quer continuar explorando e se mantendo das riquezas produzidas extraídas de nossa região tão desprestigiada nas ações políticas estruturais.

    Bia Cardoso

  3. Biby Cletus

    16 de maio de 2007 - 17:23 - 17:23
    Reply

    Cool blog, i just randomly surfed in, but it sure was worth my time, will be back

    Deep Regards from the other side of the Moon

    Biby Cletus

  4. Anonymous

    16 de maio de 2007 - 15:57 - 15:57
    Reply

    Carajás e Tapajós, urgentemente! Vai lá Hiroshi e conta tudo. Boa viagem.
    Armando

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *