Pra paraense ser

Publicado em 13 de agosto de 2007

A famigerada Comissão Pró-Brandão estica de um lado. A comissão formada por vereadores e prefeitos de outro. E o estica-estica cumpre a sua missão apenas de esticar. Amarrar ações propositivas que é bom, neca-neca. Esse movimento pela criação do Estado do Carajás no Sul do Pará, pelo menos na região de Marabá, é de um descrédito total. Giovanni Queiroz está sabendo disso?!