Hiroshi Bogéa On line

PR quer Anivaldo candidato

Lideranças do Partido da República – PR – voltaram a indicar o nome do presidente estadual da legenda e vice-prefeito de Belém, Anivaldo Vale como um nome para concorrer ao governo do Estado nas próximas eleições A indicação foi feita durante o II Encontro Estadual do partido, realizado nesta sexta-feira, 26, no ginásio municipal “Renato Veloso”, em Marabá. Participaram do evento, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, militantes e outras lideranças do partido. O deputado federal, Lúcio Vale também esteve presente.

”O PR tem musculatura de sobra para defender o futuro do Estado com candidato próprio”, disse o prefeito de Marabá, Maurino Magalhães, dizendo acreditar na força e na união do partido para o alcance dos objetivos da legenda. “Temos que estar juntos, com visão de futuro, para continuarmos fortes”, disse, ressaltando que apoiará todas as decisões do PR, inclusive a candidatura de Anivaldo Vale se assim for decidido.

Para o prefeito de Capanema, Eslon Martins, Anivaldo está preparado para assumir qualquer cargo no Estado, porque tem uma história em favor do desenvolvimento do Pará. Como o partido elegeu nas últimas eleições 17 prefeitos e 10 vice-prefeitos dos mais importantes colégios eleitorais do Estado, ele conclamou os prefeitos a caminharem unidos para mostrar que são fortes. “O PR tem envergadura de sobra para disputar cargos importantes no Pará”, reforçou o prefeito de Benevides, Edmauro Farias.

O deputado federal, Lúcio Vale também falou da força do partido e disse que ninguém sentará na cadeira de governador se as conversas não passarem pelo PR. “O PR tem nomes para disputar qualquer cargo e nós vamos continuar conversando com todas as lideranças políticas para fechar as alianças” disse.

A ex-deputada estadual, Elza Miranda também se manifestou a favor do partido apresentar candidatura própria para concorrer ao governo do Estado, apontando Anivaldo Vale como o candidato que pode representar o partido nessa corrida eleitoral. O mesmo também foi feito pelo ex-deputado estadual, Cláudio Almeida, que lançou o presidente da legenda como o candidato capaz de levar adiante um projeto de desenvolvimento para o futuro do Pará.

Candidatura ainda não está definida

Mesmo com a indicação do seu nome para representar a legenda na composição de um cargo majoritário nas próximas eleições, o presidente estadual, Anivaldo Vale disse que a legenda pretende aguardar mais um pouco para tomar qualquer decisão. Por enquanto, disse ele, o PR vem ouvindo as lideranças, reunindo com as comunidades e conversando com todos os partidos possíveis alianças e composições, mas fica muito feliz por lembrarem do seu nome.”Vejo essas manifestações como uma forma de carinho e também pelo desejo que a população vem manifestando para que seja criada uma terceira via nessa corrida eleitoral”, afirmou.

Disse que o partido não tem problemas para conversar com nenhuma legenda e que novos encontros serão realizados para prosseguir com a discussão sobre o tema. Os próximos devem ser no Oeste Paraense, Nordeste e Belém.

Fonte: Secom PR
Post de 

4 Comentários

  1. Anonymous

    29 de março de 2010 - 14:51 - 14:51
    Reply

    Creio que o brilhante Ronaldo Brasiliense, com todo o respeito que merece – e ponha respeito nisso -, desta vez, está equivocado: Cláudio Puty vai fazer dobradinha com o ex-superintendente do Incra, Raimundo Oliveira Filho, que, se souber segurar a situação até 3 de outubro, se elege com folga deputado estadual; e ambos teem o appoio da nova superintendente, Rosinete Lima Silva, que pertence à mesma tendência da deputada Bernadete mas não tem o menor diálgo com esta.

  2. Anonymous

    28 de março de 2010 - 12:56 - 12:56
    Reply

    ANA JÚLIA DOS MIL DIAS (I)

    RONALDO BRASILIENSE
    http://www.oparaense.com.br
    Derrotada duplamente em seu próprio quintal, primeiro pela tendência PT Pra Valer, dos deputados Zé Geraldo, Airton Faleiro e Bernadete Ten Caten – quando tentou indicar o novo superintendente do Incra no sul do Pará para beneficiar seu primeiro-escudeiro Cláudio Puty -, e agora pela tendência Unidade na Luta, liderada pelos deputados Paulo Rocha, Carlos Martins e Miriquinho Batista,que impuseram a permanência no governo da secretária de estado de Educação, Socorro Coelho, a governadora Ana Júlia Carepa está só. Sem receber o apoio de seu próprio grupo político, encastelado na tendência Democracia Socialista (DS),que também apoiou a manutenção de Socorro Coelho na Seduc, Ana Júlia Carepa busca socorro fora do PT para tentar chegar a um segundo mandato.

  3. Anonymous

    28 de março de 2010 - 01:18 - 1:18
    Reply

    Os que torciam contram devem estar agora com uma dor de cabeça: SOCORRO COELHO continua SECRETARIA DE EDUCAÇÃO. O bom senso prevaleceu!

  4. Anonymous

    27 de março de 2010 - 19:34 - 19:34
    Reply

    Pra um bom entendedor isso quer dizer que quem der mais leva o anivaldo de vice.Ou seja o que lado que perder o Jader leva o Anivaldo de consolo.
    kkkk

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *