Hiroshi Bogéa On line

Povos do Araguaia

Ainda empolgado com a festa realizada pela população de Xambioá, no sábado (28), por ocasião da solenidade de entrega à Câmara e prefeitura do município tocantinense da maquete eletrônica do Memorial do Araguaia, o senador Leomar Quintanilha (PMDB/TO) destacou a importância da obra incentivada por ele com a participação do Instituto de Apoio aos Povos do Araguaia (IAPA). “O Complexo inclui sala de cinema, teatro, museu, espaços culturais, locais para oficinas, biblioteca e ateliê de artes”.
Além de ser um centro de estudos sobre a Guerrilha do Araguaia (que aconteceu na região entre o final dos anos 1960 e início dos 70), o objetivo do projeto é que o espaço seja um patrimônio histórico, cultural, científico e literário da região e se torne um centro de referência, de pesquisa e de aproximação das diversas áreas do conhecimento científico com a cultura e o conhecimento dos povos do Araguaia.
A obra é assinada pelo arquiteto Nivaldo Iamauti e conta com um obelisco desenhado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, enquanto o projeto de construção do Memorial foi aprovado pelo Ministério da Cultura, através da Lei Rouanet, e está em fase de captação de recursos.

Post de 

1 Comentário

  1. Anonymous

    1 de maio de 2007 - 15:48 - 15:48
    Reply

    Hiroshi, adorei voce publiccar essa nota sobre o Museu dos Povos. Eu fui a Xambioá ver a maquete. É linda demais e o prefeito e o senado disseram que tem recurso para iniciar a obra. Enquanto isso, aqui em São Geraldo, o prefeito irresponsável daqui (MANELÃO) quer é tocar fogo no nosso Museu da Guerrilha. Muito triste isso.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *