Porto seco

Publicado em 17 de agosto de 2007

Para quem não entende a função de um porto seco, esclarecemos: distante dos terminais marítimos, a estrutura do porto (na verdade, um grande terminal de cargas) opera a movimentação e armazenagem de mercadorias sob controle aduaneiro. Situado em zona secundária, um Dry Port em Marabá, por exemplo, facilitaria a exportação da produção guseira e de outros produtos minerais. E a importação de equipamentos. Até para a receita estadual seria interessante do ponto de vista de controle e fiscalização.