Por que Gilmar (Mendes) foi tão audacioso ?

Publicado em 28 de maio de 2012

 

 

Publicado por Paulo Henrique Amorim, no Conversa Afiada:

 

 

Tirésias, o Profeta, não foi ao Encontro de Blogueiros que adotou o lema “Nada além da Constituição”.

O computador do Profeta travou quando lhe caiu uma bolinha de papel em cima.

Do computador.

Mas, ligou com uma voz assim parecida com a do Nelson Johnbim ao conversar com colonista de hábitos do Globo – clique aqui para ler “Gilmar tem que processar o Lula”.

O Profeta começou assim:

– O Gilmar é o nosso Danton.

– Dalton Trevisan, profeta ? A ligação está péssima.

– Danton, meu filho. Danton da Revolução Francesa.

– Mas, sábio mestre, o Gilmar detesta a França. A paixão dele é a Alemanha.

– Dele e do Demóstenes.

– E do Cachoeira, Mestre.

– Deixa pra lá. O que eu quero dizer é que o Gilmar resolveu recorrer à máxima audâcia. Como o Danton, que bradava: audâcia, audâcia, mais audâcia, sempre audâcia !

– Tirésias, por favor, seja mais claro.

– O Gilmar sabe que acharam ele na CPI. Tá lá dentro. A relação dele com o Demóstenes vai muito além do grampo sem áudio. (Clique aqui para ler “Gilmar não explica Demóstenes: ‘o Gilmar mandou buscar’ ” e aqui para ler “Gilmar intima Demóstenes a jantar”.)

– Tudo bem, mas por que chutar o balde e dizer aquilo à Veja (clique aqui para ler “Gilmar tem que processar Lula”.)

– Pra melar a CPI.

– Como ele conseguiria isso ?

– Ele vai poder dizer que tudo o que aparecer contra ele é uma retaliação por não ter lutado para adiar o mensalão. E tudo mais o que vier lá de dentro não presta !

– A melhor defesa é o ataque.

– É uma vacina. Ele tenta se vacinar contra o que estiver por vir.

– Caramba, mestre. Va ser audacioso assim em Anápolis !

– Ou em Diamantino.

– É, pode ser.

– Com essa arapuca que ele armou ele atinge os seguintes objetivos: força o Supremo a votar logo o mensalão.

– Não sei, Profeta. O Supremo tirou a faca do pescoço.

– Bom, o nosso Máximo Audacioso tenta engrossar o caldo para condenar o Dirceu … No PiG, nos leitores do PiG e até o Supremo.

– Mas ainda precisa engrossar esse caldo ?

– Meu filho, agora ele vai poder dizer: o Dirceu é tão, mas tão criminoso que o Lula ousou me chantagear!

– E alguém vai acreditar nisso ?

– Isso já não é problema de um audacioso. O audacioso ousa. Se colar, colou.

– O objetivo dele mesmo, na minha modestíssima opinião, é se vacinar contra o que a CPI revelar a respeito dele.

– Sim, claro, antes de tudo ele é um político. A Suprema Corte é uma casa política, mas ele é o mais político de todos ali.

– Político conservador.

– Sempre! À direita do PFL !

– Calma , Mestre.

– Estou calmíssimo. Ele jogou politicamente. Pra melar a CPI, tirar a Veja do foco, condenar o Dirceu e se fingir de vítima de suspeitas infundadas.

– É, mas pode ser o esperto que tropeça nas próprias pernas …

– Tá ficando sabido, garoto !

– Você sabe o que aconteceu ao Danton depois de pronunciar aquela frase?

– Não, caro mestre.

– Morreu na guilhotina.

Pano rapido.

(Paulo Henrique Amorim)