Por pouco. Muito pouco

Publicado em 24 de novembro de 2007

Por um triz, Marabá escapou de estar agora no olho do furacão.
Jornal Opinião deste sábado, 24, em matéria de Edinaldo Sousa, informa:

A vendedora ambulante Raimunda Conceição de Araújo, presa no último domingo (18), poderia ter o mesmo destino que a menor de 16 anos apreendida em Abaetetuba e obrigada a manter relações sexuais com 20 detentos. Poderia, pois o delegado regional Vicente Ferreira Gomes impediu que ela fosse recolhida na carceragem da Ala de Transição do Centro de Recuperação de Marabá.
A mulher, segundo o delegado, já tinha sido recolhida e depois de ter percebido tamanha falha determinou que ela ficasse detida na ante sala da superintendência até que a direção do Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes (Crama) abrisse uma vaga pra ela, o que foi feito somente na terça-feira.