Por pouco. Muito pouco

Por um triz, Marabá escapou de estar agora no olho do furacão.
Jornal Opinião deste sábado, 24, em matéria de Edinaldo Sousa, informa:

A vendedora ambulante Raimunda Conceição de Araújo, presa no último domingo (18), poderia ter o mesmo destino que a menor de 16 anos apreendida em Abaetetuba e obrigada a manter relações sexuais com 20 detentos. Poderia, pois o delegado regional Vicente Ferreira Gomes impediu que ela fosse recolhida na carceragem da Ala de Transição do Centro de Recuperação de Marabá.
A mulher, segundo o delegado, já tinha sido recolhida e depois de ter percebido tamanha falha determinou que ela ficasse detida na ante sala da superintendência até que a direção do Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes (Crama) abrisse uma vaga pra ela, o que foi feito somente na terça-feira.