Por onde a Vale passa

Publicado em 19 de junho de 2009

Com o adiamento do início da produção de níquel do Onça Puma, esticado agora para janeiro de 2011, e a aceleração, pela Vale, do processo de demissão de quase 900 pessoas contratadas – grande parte treinada no exterior – o clima em Ourilândia do Norte e Tucumã, municípios localizados no entorno da mina, está pesado.

É gente para todo lado falando do desemprego e a porta da prefeitura municipal lotada de pessoas em busca de trabalho. O prefeito Romildo Veloso e Silva (PDT) diz não saber o que fazer agora para acomodar tantos maranhenses, tocantinenses e piauienses pedintes.

Deixando de lado o jocoso efeito da tal “sensação de insegurança”, o olhômetro da turma das esquinas garante estar aumentando a violência nas duas cidade vizinhas.