Políticos do Pará têm celulares hackeados. “Prejú” passa de R$ 250 mil

Publicado em 2 de agosto de 2021

O rombo em contas de políticos paraenses alvo de hachers já passa de R$ 200 mil, segundo as últimas denúncias.

Até o governador Helder Barbalho se viu vítima dos assaltantes digitais.

Agora, sabe-se também que  a clonagem de WhatsApp chegou aos celulares  dos prefeiros de Cumaru do Norte, Célio Cordeiro ‘Nego’ (MDB) e Jacareacanga, Valdo do Povo.

A Secretaria de Educação do município de Jacareacanga, informou que cerca de R$ 150 mil foram desviados do Fundo Nacional de Educação (Fundeb), após criminosos clonarem o celular do prefeito, Valdo do povo.

Os golpistas ligaram para uma instituição financeira em nome da prefeitura e pediram a transferência do valor.

No mesmo dia, uma situação parecida aconteceu com o prefeito de Cumaru de Norte.  Célio Cordeiro, o Nego, também teve a conta de WhatsApp clonada.

A prefeitura só tomou conhecimento do que e passava após o vice-prefeito José Ribamar ‘Ribinha’, estranhar o fato de receber mensagens pedindo informações sobre as contas bancarias da prefeitura, além de pedidos de depósitos financeiros de alto valor a amigos do prefeito.

De acordo com assessores do prefeito, já foram registrados golpes no valor de R$ 100 mil.

O fato já foi informado para a operadora e um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia de crimes cibernéticos em Belém.