Hiroshi Bogéa On line

Polícia sem polícia

A produtora de vídeo do blogger foi invadida esta manhã por dois bandidos armados até os dentes. Exatamente, às 8h05, nem bem o expediente da empresa fora aberto.

Três funcionárias, na sala de Redação, manietadas. O gerente, José de Ribamar, levado aos empurrões até o banheiro, onde ficou preso.

Em menos de três minutos, levaram equipamentos de vídeo, celulares, dinheiro, capacetes de motociclistas, e a moto do gerente. As garotas, assustadas, entraram em estado de choque.

O poster chegou à empresa cinco minutos depois e tomou as providências de praxe.

Primeiro, em ligação para o 190, foi educadamente atendido pelo recepcionista de plantão, garantindo que a polícia estaria em questão de minutos no local “para levantar a situação”.

Até este momento, 09h45, nenhuma autoridade se fez presente para “levantar a situação”.

Como a moto é um bem de um funcionário por quem o blogger tem extremo carinho,a prioridade é localizar a moto roubada. Sem a polícia, o jeito foi apelar para amigos nas emissoras de rádio.

Assim caminhamos todos. Agora, sem muletas.

—————

atualização às 10:19

A polícia acabou de sair da produtora, com duas horas retardada em relação ao tempo de registro do assalto. Anotadas as características dos dois bandidos fornecidas pelos funcionários da VídeoV, investigadores suspeitam de marginais residentes na Folha 12.

Estão em campo.

Post de 

10 Comentários

  1. Anonymous

    12 de agosto de 2008 - 00:41 - 0:41
    Reply

    Prezado Hiroshi

    Gostaria de solidarizar com voce, pois infelizmente já passei por uma situação destas, que resultam prejuizo financeiro e pisicológico as vezes até a própria vida e que deixa uma indignação muito grande, mas não podemos deixar de refletir.
    O que esta acontencendo para o aumento da violência em nossa região, gostaria inclusive de sugerir uma enquete para que seus leitores possam sugerir as razões do aumento desta violência, mas também formas de combate-las ( colocar pessoas certas em determinadas posições estratégicas, aumento do policiamento, unificação das polícias, criação do policiamento Municipal, criação de casas de atendimento ao menor infrator, combater aquelas pessoas que compram objetos roubados, cobrança ao Conselho municipal da criança e do adolescente, cobrança do conselho tutelar, aumento do espaço físico da cadeia), enfim creio que as sugestões são inúmeras, por fim gostaria de fazer uma provocação a todos que almejam um cargo político nas próximas eleições, que deixam registrados no seu blog qual a Política de ação para o combate a este crescimento da violência.

    Agradeço o espaço.

  2. Anonymous

    11 de agosto de 2008 - 13:57 - 13:57
    Reply

    Sem apoio do Governo do Estado não tem nem um profissional que desenvolva um bom trabalho na área de segurnaça, este governo é um total desgoverno e nós estamos pagando o pato com este desmando total, os bandidos estão mandando literalmente no estado do Pará, e o cidadão está coagido e o governo prometendo e não cumprindo com o seu dever que é dar-nos segurança.
    Crimes e mais crimes aconteçendo dia e noite a qualque hora.
    Que Deus nos proteja.

  3. Anonymous

    11 de agosto de 2008 - 13:54 - 13:54
    Reply

    Hiroshi,
    Aceite minha solidariedade.
    Estamos tendo essas ocorrênciass sempre mais freqüentes.
    Todos nós já passamos por isso ou ainda vamos passar.
    Lamentável!
    A sociedade está impassível.Não reage.Meu Deus! Até quando?
    Nilson.

  4. Anonymous

    10 de agosto de 2008 - 23:44 - 23:44
    Reply

    Hiroshy,
    Uma fonte, me informou que o Diretor da DPI, não teria avalizado, o nome da Silvia Mara, por entender que a mesma, não tinha capacidade, para ser Superintendente. Parece que estava certo, pois já se passaram mais de seis meses, e a Silvia Mara, não disse a que veio.

  5. Anonymous

    10 de agosto de 2008 - 23:17 - 23:17
    Reply

    ak diz
    Hiroshi: minha solidariedade e minha estranheza. Quem roubou, sabia o que estava fazendo e que não vai conseguir vender equipamentos profissionais como se fossem muamba numa esquina qualquer.
    Se quiser encontrar os bandidos, encontra logo. Se não……
    Afonso Klautau

  6. Hiroshi Bogéa

    10 de agosto de 2008 - 22:40 - 22:40
    Reply

    Caríssimo Wellington, agradeço sua disposição para aliarmos forças. Como me encontro ausente da cidade desde sábado, com retorno previsto para a quarta-feira, 13, tentarei manter contato.
    Um abraço, parceiro.

  7. Hiroshi Bogéa

    10 de agosto de 2008 - 22:36 - 22:36
    Reply

    Alencar, meu sincero agradecimento. Estamos todos nesse embate pela sobrevivência.
    Abs

  8. wellington

    10 de agosto de 2008 - 17:43 - 17:43
    Reply

    Caro hiroshi, boa tarde.

    Interessante que na segunda dia 02, por volta das 16:30 horas até 17:30 horas, meu escritório na folha 32 foi invadido por uma dupla e praticou um assalto nas mesmas modalidade. Ficamos uma hora sob a mira de um revolver e ainda sob intensas ameaças. Penso que deve ser a mesma dupla e caso queira, podemos agir em conjunto junto à Policia para desvendar e encontrar os caras. O serviço em meu escritório foi sob encomenda, pois sabiam do “doutor” e dos equipamentos que lá tinhamos.
    Caso queira, entre em contato comigo que vamos juntos agir para resolver a situação. Vou acionar a OAB/PA para pressionar a policia.
    Wellington Alves Valente – Advogado.

  9. JOSÉ DE ALENCAR

    9 de agosto de 2008 - 23:53 - 23:53
    Reply

    Prezado Hiroshi.

    Receba minha solidariedade.

  10. Anonymous

    9 de agosto de 2008 - 21:09 - 21:09
    Reply

    Hiroshy,
    A Silvia Mara, é um fracasso total, a frente da Superintendencia de Marabá, até o presente momento, não apresentou a sociedade, nenhum plano de combate a criminalidade em Marabá. e olha que na Quarta-Feira, estive na Superintendencia, e presenciei muitos Delegados, um topando no outro, e todos novatos. Essas indicações Politicas e erradas, ´´e que é o problema.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *