Hiroshi Bogéa On line

Polícia apresenta assassinos de extrativistas

 

 

A Polícia Civil do estado apresentou na noite deste domingo (18), durante coletiva realizada na Delegacia Geral do Estado, José Rodrigues Moreira e seu irmão Lindonjonhson Silva Rocha, acusados do assassinato do casal de extrativistas José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo Silva, em Nova Ipixuna.

 

Após quatro meses de investigações minuciosas, uma mega operação integrada das Polícias Civil e Militar resultou na prisão dos irmãos José Rodrigues e Lindon Jonhson, responsáveis pelo assassinato do casal de ambientalistas José Cláudio e Maria do Espírito Santo Ribeiro da Silva, no dia 24 de maio deste ano, no município de Nova Ipixuna, sudeste paraense. Os responsáveis pelo crime estão chegando neste domingo, 18, a Belém e serão apresentados para a imprensa durante coletiva marcada para às 18 horas, no Auditório da Delegacia Geral de Polícia Civil, na avenida  Magalhães Barata.

A operação conjunta foi realizada no amanhecer deste domingo (18), no município de Novo Repartimento, e contou com a participação de policiais do Comando de Missões Especiais da Polícia Militar, Companhia de Operações Especiais da PM, Grupamento Aéreo, Grupo de Pronto Emprego da Polícia Civil, Divisão de Investigações e Operações Especiais da Polícia Civil (PC) e Delegacia do Meio Ambiente. À frente da operação, o delegado adjunto da PC, Rilmar Firmino, e o tenente coronel Sandoval Bittencourt, do Comando de Missões Especiais da PM.
A prisão ocorreu numa área de mata fechada, a 52 quilômetros de Novo Repartimento. Escondidos num barraco no meio do matagal, os dois irmãos estavam armados e ainda tentaram fugir no momento em que as polícias cercaram a área. Com eles, a polícia encontrou três revólveres calibre 38 e uma espingarda. Os autores da morte do casal de extrativistas estão sendo trazidos para Belém, no helicóptero do Sistema de Segurança Pública, sob forte escolta policial.

Nas fotos: O acusado de ser o mandante do assassinato, José Rodrigues Moreira, e o acusado executar o crime , Lindonjonson Silva Rocha, que chegaram a Belém pelo helicóptero do Sistema de Segurança Pública, sob forte escolta policial. (Fotos de Alessandra Serrão – Agência Pará)

 

Fonte – Secom

 

 

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *