Hiroshi Bogéa On line

Poderosa afrodite

A Vale pretende mesmo começar a vender imagem nacional de que ela é a principal responsável pelos mais importantes investimentos sociais inseridos nos municípios localizados no entorno de seus projetos. Nessa estratégia de marketing, utilizará o Departamento de Jornalismo da Globo.

As primeiras pautas começaram a ser feitas pelo jornalista Tonico Ferreira.

Antes, Caco Barcellos andou na Serra dos Carajás ensinando “Qualificação em Mineração e Meio Ambiente” aos jovens jornalistas de Parauapebas, num seminário oferecido pela Vale.

Como entre o mar e o rochedo, o lambari sempre leva lambada, nessa história há fortes suspeitas de que a autoria das desigualdades será depositado na conta das prefeituras, mal administradas.

Por isso, já tem gente em Parauapebas sugerindo a Globo que mande a Carajás, de novo, o Caco Barcellos, para produzir às pressas um “ Profissão Repórter” sobre os danosos efeitos, e cada dia mais acachapantes, dos projetos da mineradora na vida de quem reside nos municípios minerários.

Mas pra contar tintin-por-tintin.

Até a fraude fiscal aplicada pela Vale, que já deve mais de R$ 1 bilhão ao Estado do Pará e municípios, com direito a CEFEM, de royalties pagos a menos pela empresa sonegadora.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *