Hiroshi Bogéa On line

Pobre São João do Araguaia!

O cara assume uma prefeitura que tem como parâmetro de arrecadação o percentual  0.6 de arrecadação de FPM,  a menor referência nacional de repasse constitucional às prefeituras – e torra mais de 800 mil apenas a pagamento de abastecimento de  veículos.

No mesmo período, a boca grande do carantonha se manifesta em outra “mamada”: cerca de 310 mil reais sacados para o pagamento de locação de veículos, num município com pouco mais de 13 mil habitantes.

Escândalo!

O feitor irresponsável de tais ações é o prefeito cassado de São João do Araguaia, município localizado a 40 km de Marabá – João Neto Alves Martins (PTB).

Não podia dar outra: o prefeito foi afastado do cargo pela Câmara Municipal.

Pelo menos por enquanto, já que a Justiça foi acionada para atender ou não pedido de anulação do ato de afastamento.

São João do Araguaia carrega a sina de eleger prefeitos  nacionais.

O processo de escolhas horrorosas é histórico.

Cada prefeito pior que outro, enquanto a pobre população levando lambada.

Post de 

8 Comentários

  1. VALDERINA DA SILVA VALE

    21 de outubro de 2020 - 01:42 - 1:42
    Reply

    Meu nome é valderina , gostaria de reencontrar duas pessoas muito especial que mora em São João do Araguaia, minha professora da primeira série cujo nome é maria louraides e seu irmão que se chama IRÁ, estou a procura deles já algum tempo, ela foi minha professora na eacola JOSÉ Cursino de Azevedo aqui em nova MARABA na folha 10, na época ela morava na folha 05 e tinha como companheiro o tio Petronho que sua família moravam na folha 10, se alguém souber de algum paradeiro ficaria muito grata se me ajudassem a reencontrar. Meu Whatsapp é 61 996112939
    Desde já muito obrigada.

  2. andoriano lopes

    12 de agosto de 2017 - 21:07 - 21:07
    Reply

    andado hoje na cidade so ver reclamação do povo ou prefeito que já assumiu já começou a trassa pagamento do povo !!!! este chiquinho sei não !!!!!!!

  3. José Sampaio

    22 de julho de 2017 - 00:25 - 0:25
    Reply

    O último parágrafo da matéria , caberia bem a nois aki de Marabá,pois os nossos dois últimos prefeitos foram umas verdadeira lástimas.

  4. Luiz Gonzaga Oliveira de Almeida

    20 de julho de 2017 - 00:44 - 0:44
    Reply

    Caro Hiroshi. Vc tem razão em parte. acho que deveria ver os dois lados. não estou aqui advogando em defesa do prefeito João Neto. Mas basta fazer uma breve pesquisa e ver que o atual gestor é reeleito. Fez um mandato anterior com responsabilidade. Até o final do ano passado deixou as contas em dia, principalmente o funcionalismo público. Estes recebem rigorosamente em dia. Sugiro que procure ver os dois lados, pois existem interesses por trás desse afastamento, a disputa pelo comando da, como você afirma “Pobre são João”. Não estou querendo desqualificar sua matéria, pois tenho respeito pelo seu trabalho. nem tampouco estou dizendo que as informações são inverídicas. Mas é sempre bom ouvir as partes. um abraço!

  5. Charles

    19 de julho de 2017 - 21:08 - 21:08
    Reply

    Cadê nosso amigo Gilsim para por ordem nesta prefeitura?

  6. Adevaldo souza araujo

    19 de julho de 2017 - 19:10 - 19:10
    Reply

    Estive aí no começo do ano,tomei um susto! Ao visitar o “principado”de Apinagés,vi uma obra de 4 salas de aula com a placa da empreiteira Odebrecht ,valor da obra quase $1.000,000,00,não lembro o valor exato.
    Pensei com meus botões,deve tudo folheado de ouro,outra coisa que chamou a atenção foi ver um escritório da referida empresa na cidade.
    Para aqueles que conhecem a cidade,o escritório fica(va)na rua atrás da igreja.

  7. jr

    19 de julho de 2017 - 16:42 - 16:42
    Reply

    Tem que educar o povo,para saber votar! enquanto isso nâo acontecer, vai ser assim. infelizmente.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *