Hiroshi Bogéa On line

Pisando no terreno da gente

Lúcio Flávio Pinto conta o hábito que têm de pedir aos participantes de suas palestras para levantar as mãos, todos aqueles nascidos no Pará. O jornalista faz isso para medir a temperatura de uns e outros acostumados a ensaiar discursos sobre a Amazônia sem realmente conhecê-la –  percorrendo suas entranhas -,  mas que adoram arvorar-se “para ditar regras, com a tábua das leis sobre a decifração da Amazônia nas mãos poderosas”.
Lúcio toca num tema que o poster sempre cobra de quem  peita a querer falar do Sul do Estado, mandar comentários cheio de viéis rancorosos, sem nunca ter pisado na beirada de seus rios ou pelo menos sobrevoado ou percorrido estradas de nossas terras.
Flávio Pinto, sim, como diz no artigo publicado no Yahoo, estuda e percorre a Amazônia, “há mais de 40 anos e o que posso afirmar é que minha ignorância sobre a região diminuiu nesse período”.
Artigo  que trata o tema  ( “O conhecimento que decide”) está  na seção Meio Ambiente, do portal Yahoo, que Lúcio Flávio passou a integrar, de uns tempos pra cá.

 
Clique para ler a matéria completa.

Post de 

1 Comentário

  1. Anonymous

    31 de março de 2010 - 13:17 - 13:17
    Reply

    Lucio Flávio Pinto é nosso paradigma de jornalista. Bem informado, responsável, com sentido ético muito ampliado. É muita categoria. Tanto profissional quanto pessoal. Pessoalmente, é um homem humilde sem ser subserviente. Grande figura. Que Deuso abençoe.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *