Pérola de civilidade

“Não tenho projeto para melhorar a delegacia. Tenho para ampliar o cemitério”.


A frase de Sebastião Curió em conversa com o jornalista Waldir Silva, em Parauapebas, não merece comentários. Melhor indignar-se.