Hiroshi Bogéa On line

Perguntas pertinentes

Caso sério, porque na mesma edição, o jornal teve o cuidado de ouvir a própria Sectam declarar estar em plena vigência – “sem nenhuma ameaça de suspensão”, disse Valmir Ortega, do órgão -, as licenças prévia e de instalação. Ou seja, a situação torna-se conflituosa considerando a gravidade de uma autoridade fazer depoimentos públicos sem embasamento técnico de determinadas situações. E se a Sectam disser a Odair Corrêa da inviabilidade legal de tornar sem efeito os documentos? O vice-governador exigirá, assim mesmo, para não ser desmoralizado, o cumprimento da solicitação da anulação das duas licenças?
Em outro plano, Odair conversou com a titular do cargo sobre seu desejo de encostar a Alcoa na parede, em atendimento às pressões do empresariado de sua terra? E se Ana Júlia não concordar? Vai peitá-la de frente? Ou silenciosamente passar a plantar rastilhos para motivação de futuras discórdias?

Post de 

2 Comentários

  1. Anonymous

    25 de fevereiro de 2007 - 03:08 - 3:08
    Reply

    Vamos organizar um movimento aqui no Oeste do Pará em favor do Odair Corrêa, contra a Alcoa. Revogar as licenças é o que queremos, urgentemente.Se a Ana Julia negar a suspensão das licenças, ele vai prestar contas com a gente aqui na região.
    Angelo Farias Neto

  2. Anonymous

    24 de fevereiro de 2007 - 21:29 - 21:29
    Reply

    No sei porque a Ana foi buscar um vice desse quilate no interior do Estado, tendo tanta gente preparada em Belém. Pessoal do interior só sabe é babar e pedir esmolas.

    Alberto

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *