Hiroshi Bogéa On line

Pelas mulheres

Na Comissão Geral para discutir temas relacionados à mulher e à aplicação efetiva da Lei Maria da Penha, deputada federal Bel Mesquita (PMDB) reforçou mais uma vez que “a simples elaboração de leis não garante sua efetiva aplicação”. Segundo ela, a Lei Maria da Penha facilitou o acesso das mulheres à Justiça, mas ainda não as estimularam à prática do registro de denúncias contra agressores, “por vergonha, medo, e por incompreensão”.

É isso mesmo.

Post de 

1 Comentário

  1. William Bayerl

    10 de março de 2008 - 08:15 - 8:15
    Reply

    Bel sempre foi uma M a frente do seu tempo. Ele consegue ser prática sem perder o ‘romantismo’ feminino.

    Como prefeita estabeleceu políticas públicas que buscassem a melhoria de vida das mulheres, principalmente de baixa renda, pois Bel teve a sensibilidade de perceber que Parauapebas era uma cidade ‘comandada’ por mulheres. Desde a Prefeitura até uma imensa parte das famílias parauapebenses.

    Como deputada, Bel percebeu que não adianta só a lei, tem que haver a estrutura e a consciência que gere o cumprimento efetivo dessa lei. Afinal para Bel lei não pode ser algo somente estatístico, tem que melhorar de fato a vida das pessoas.

    É por essas e outras que Bel a cada dia se destaca mais.

    Parabéns Bel, pelo seu dia, pela sua atuação, pela sua luta.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *